Nova Orleans apresenta forte características da colonização francesa e espanhola. (Foto: Josiele Baron/30ontheroad)

*Ana Flávia Hantt

Bem-vindo a uma cidade única! Mesmo vivendo por dois meses e meio em Nova Orleans, experimentando o verão do Hemisfério Norte entre junho e agosto, não encontrei palavras exatas para descrever esta cidade, mas prometo fazer o meu melhor nas dicas que serão publicadas nesta e nas próximas semanas.

Música, magia e relaxamento. Está aí um bom começo para iniciar a descrição sobre Nova Orleans. A cidade que é berço do jazz e do blues, também é berço do voodoo, e segundo a lenda, foi casa de uma das bruxas mais poderosas da História, Marie Catherine Laveau. Outros ilustres moram por estas bandas: Sandra Bullock tem em NoLa sua residência permanente. Beyonce e Jay Z possuem uma mansão no local. Brad Pitt e Angelina Jolie viveram vários anos de sua vida conjugal por aqui.

Tantos moradores estrelados, não afetam o clima nas ruas. A impressão é de que ninguém se importa com aparência ou status. O código de vestimenta pede por chinelos e shorts; maquiagem, só se for cheia de purpurina para brilhar em um dos muitos desfiles de rua que acontecem quase diariamente.

A ordem em Nova Orleans é celebrar o ‘big easy’, expressão em Inglês que faz referência à falta de pretensão que impera na cidade. É como se dissessem: ‘Se você vem a Nova Orleans, a única coisa que precisa se preocupar, é em curtir o momento. Você pode fazer o que quiser, se vestir como quiser, celebrar como quiser. Ninguém vai olhar para você ou te importunar. Estamos muito ocupados fazendo nossa própria festa, para sequer ter tempo para qualquer coisa a mais.’

É essa cidade tão peculiar dos Estados Unidos, que a seção ‘Pé na Estrada’ irá abordar nas próximas semanas. Cultura, estilo de vida, dicas de turismo, e a resiliência aos desastres naturais serão alguns dos tópicos abordados. Seja bem-vindo a Nova Orleans!

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome