Em uma cidade onde tantas decisões importantes são tomadas, turistas encontram seu espaço para visitar monumentos e parques. (Foto: Josiele Baron/Divulgação)

*Por Ana Flávia Hantt

Depois de falarmos de Las Vegas, Los Angeles e Nova Orleans, a seção chega em um novo destino. Localizada na costa leste americana, Washington DC é, sem exageros, um dos lugares mais importantes do mundo. Além de ser a capital dos Estados Unidos, a cidade também é uma grande influenciadora para o mundo todo. Impossível não caminhar em meio a ruas e prédios, e imaginar o tipo de reuniões e decisões que estão sendo tomadas por ali.

Recordo de ter lido em um blog americano, a seguinte afirmação: ‘Visitar DC é como comer salada. Você não vê muita graça, mas come porque sabe que é importante.’ Depois de ter estado por três ocasiões na cidade como turista, preciso discordar dessa sentença. A capital é sim um lugar interessantíssimo para se visitar, repleta de belos parques, museus gratuitos, regiões descoladas para compras e refeições, além de abrigar a Casa Branca e o Capitólio.

Fazendo divisa com os estados de Virgínia e Maryland, o ‘District of Columbia’ (daí que vem o D.C.) funciona como Brasília e o nosso distrito federal. A capital ganhou seu nome em homenagem a George Washington, o primeiro presidente americano. É um pouco mais sobre essa região e suas atrações que veremos nas próximas edições.

Você Sabia?

Nos Estados Unidos, Washington D.C. é conhecida, mais comumente, apenas como D.C. As pessoas dizem ‘estou indo a D.C.’, ou ‘meu amigo que trabalha em D.C.’. A forma encurtada ajuda também a não criar confusão com o estado de mesmo nome – Washington State – que fica na costa oeste, na divisa com o Canadá.

20 milhões de turistas visitam Washington D.C. todos os anos

[email protected]

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome