Projeto do Centro Cultural foi elaborado pelo arquiteto do Município, Douglas Schwerz (Foto: Divulgação)

Quem passa pela Avenida Alberto Jacobsen já deve ter percebido a obra ao lado do Ginásio Ernani Weber. No local, está sendo construído o Centro Cultural de Passo do Sobrado. Desenvolvido pelo arquiteto e urbanista da Prefeitura, Douglas Schwerz, o espaço contará com auditório com 121 lugares, três salas para oficinas e área para exposições.

Ao todo, serão 359,96 metros quadrados de estrutura, na esquina da Avenida Alberto Jacobsen com a rua João Benno Kronbauer. A obra foi iniciada em novembro do ano passado, pela empresa Voladri Construções, de Butiá, vencedora da licitação.

Atualmente, já está 15% concluída. “A primeira etapa, que é a parte da fundação, já está finalizada”, afirma a secretária municipal de Planejamento, Ana Paula Kappaun, que assumiu a pasta no início de janeiro.

Obra foi iniciada no fim do ano passado e etapa das fundações já está concluída (Foto: Taís Fortes/Folha do Mate)

A obra tem custo de R$ 392.069,38 e está sendo viabilizada com um recurso do Ministério do Turismo. De acordo com Ana Paula, a construção do Centro Cultural atende a uma demanda da comunidade passo-sobradense, que não tem um local específico para cursos, palestras ou exposições. “O município tem carência, principalmente, de um auditório. Além disso, muitas vezes, precisam ser ocupadas salas das escolas para realização de cursos”, comenta.


“Com o Centro de Cultura, o município terá um espaço específico para eventos, palestras, cursos e exposições.”

ANA PAULA KAPPAUN – Secretária de Planejamento


Ana Paula assumiu secretaria de Planejamento no início do ano (Foto: Taís Fortes/Folha do Mate)00

Outro aspecto do Centro Cultural destacado pela secretária de Planejamento será o espaço de ‘museu’, no qual poderão ser realizadas diferentes exposições. “Haverá uma vitrine dessa sala, que permitirá que as pessoas que estão passando na rua vejam a exposição. Será um convite para entrar e prestigiar”, ressalta Ana Paula Kappaun.

INCENTIVO À CULTURA

Para a cabeleireira e professora Sílvia Rejane Dettenborn, 45 anos, o Centro Cultural será uma conquista para Passo do Sobrado. “Tudo que envolve cultura e educação é muito bem-vindo. Existem muitos talentos no nosso município que, muitas vezes, não têm um espaço adequado para se apresentar e mostrar seu trabalho”, considera.

Na visão de Sílvia, que mora próximo do local, o espaço voltado à cultura vai estimular ainda mais ações da área e valorizar quem se envolve com iniciativas de arte e educação. “Vai ser muito bem aproveitado. Quando estamos falando de cultura, falamos do futuro das crianças e dos jovens.”

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome