Atividades dos atletas começam na academia e se estendem com um mini circuito na quadra do Poliesportivo

Depois da retomada das atividades presenciais em turno único na primeira semana, a carga dos trabalhos por parte dos atletas da Assoeva/Unisc/ALM vai aumentar proporcionalmente. Em dois dias nesta semana – hoje e na quinta-feira, 25 – as atividades serão também pela tarde. Na semana seguinte os treinos serão em dois turnos durante quatro dias. A partir da segunda semana de julho a carga aumenta ainda mais: ritmo normal, ou seja, manhã e tarde todos os dias.

O técnico Guilhermo Verfe destaca que diante da projeção do começo do Campeonato Estadual de Futsal Série Ouro para o dia 22 de agosto, a Assoeva tem um bom período para a preparação. “Não podemos atropelar essa fase até porque temos dois meses de preparação até o começo da primeira competição oficial. Todos estamos ansiosos para o ritmo mais intenso de trabalhos, principalmente de ordem técnica e tática. O momento ainda exige muito cuidado e é o que estamos fazendo. A cada dia e semana se avança um pouco mais em termos de cargas de trabalho”, disse o comandante.

Verfe comenta que foi amplamente satisfatória a primeira semana de atividades. “O grupo se reapresentou de forma alegre e assim ficou bem mais fácil para todos se adaptarem ao novo método de trabalho que é a divisão de dois grupos, horários, determinações quanto a higienização, distanciamento. A alegria de poder voltar está estampada no rosto de cada um do grupo”, disse.

MORAL ELEVADA

Nesta segunda pré-temporada as atenções iniciais estão voltadas para a preparação física. Verfe relata que as condições com que os atletas se apresentaram é algo que deve ser destacado. “A retomada dos jogos é algo que todos nós aguardamos de forma ansiosa mas e o ponto positivo nessa retomada foi a condição que muitos dos atletas se apresentaram. Boa parte voltou melhor que estava lá em fevereiro, na abertura de temporada. É uma prova de profissionalismo”, declara.

Ainda em relação ao cronograma que está sujeito a alterações dependendo da ‘bandeira’ diante da pandemia do coronavírus, Verfe reforça que será mantida a divisão de dois grupos. “Priorizamos a composição dos dois grupos diante da formação dos quartetos utilizados lá nas primeiras atividades do ano até para manter o entrosamento. A prioridade de momento é o condicionamento físico dos atletas até pelo fato que não é possível realizar qualquer treinamento de enfrentamento. Comissão técnica e jogadores estão se adequando e trabalhando para que cada um possa dar o melhor de si. Assim que recebermos o sinal verde vamos voltar a treinar o mais próximo da realidade possível”, disse.

AMISTOSOS

A comissão técnica monitora a ‘bandeira’ do município não apenas para a volta normal dos treinos mas igualmente quanto a questão do agendamento de amistosos.

“Ainda é cedo para projetar algo em termos de amistosos. No momento temos é que focar na preparação física, seguir trabalhando e ficar no aguardo pela liberação dos treinos para posteriormente podermos jogar. Treinar e jogar são questões que dependemos diretamente da liberação dos nossos governantes”, completa o comandante.

Se no Estadual Série Ouro a estreia da Assoeva está projetada para 22 de agosto, contra o BGF, em Venâncio Aires, a Liga Nacional não apresenta por enquanto avanços quanto a fórmula de disputa, composição de chaves e data para a bola rolar.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome