Assoeva agora terá que vencer no tempo normal para assim força a prorrogação (Foto: Maria Eduarda Fortes/Divulgação)

Assoeva/Unisc/ALM, de Venâncio Aires, e a Afucs, de Seberi, disputam hoje, no Poliesportivo, a partir das 20h, o título da primeira edição da Copa RS de Futsal. Além dos R$ 7 mil oferecidos pela Federação Gaúcha de Futsal (FGFS), o campeão será o representante do Rio Grande do Sul na Copa do Brasil da modalidae em 2020. Nessa disputa quem está em vantagem é a Afucs. O ingresso antecipado tem custo de R$ 15 e pode ser adquirido no Bar do Elo Kist, Rádio Terra FM 105.1, Bar do Daniel Henckes, Sede da Assoeva. Haverá atendimento na tenda do calçadão das 9h30min às 16h. Na hora, a entrada custará R$ 20.

“Pela frente temos mais 40min. Estamos na mesma situação quando no jogo de volta contra a Sercesa. Em casa estamos na obrigação de vencer. Muito bom time esse de Seberi mas em se tratando do caldeirão do Poliesportivo, sou mais Assoeva”, disse pós o jogo de sábado o pivô Tuiu, autor do único gol da Assoeva.

O ginásio Julião, de Seberi, estava lotado. O torcedor da Afucs, com um barulho ensurdecedor, jogou ao lado do seu representante. Foi pressão de forma dupla – em quadra e fora dela – para cima da Assoeva. Com o artilheiro do time, Andy, a Afucs fechou a primeira etapa com a vantagem de 1 a 0. O gol surgiu em uma cobrança de lateral de Jones para Airton que chutou cruzado. Andy, mesmo marcado por Dill, encontrou espaço dentro da área para girar e de canhota mandar para a rede.

Na etapa final, a Afucs marcou o segundo gol em uma cobrança de escanteio que Jones cobrou pelo lado direito. A bola foi alçada para o lado oposto da quadra onde Airton mandou o chute de primeira. A bola desviou em meio ao caminho em Dill, ‘matou’ o goleiro Deividi e foi ‘morrer’ no fundo da rede.

A Assoeva descontou após uma jogada do camisa 13 Dill pela direita. Ele passou pelo marcador e abriu na linha de fundo para Torres. Esse recebeu, driblou o adversário e serviu Tuiu na segunda trave que somente teve o trabalho de empurrar para a rede.
Pendurada em faltas, a Assoeva cometeu a sexta e assim oportunizou o tiro livre para a Afucs. Na cobrança certeira de Cristian – bola a meia altura mo lado esquerdo de Deividi – a equipe da casa ampliou o escore para 3 a 1.

A Assoeva se lançou com goleiro linha justamente para tentar diminuir a desvantagem até então. Um erro na quadra de ataque foi suficiente para a Afucs onde Airton aproveitou a sobra para mandar para a rede, 4 a 1.

No quinto gol da Afucs, Saraiva perdeu a bola na quadra de ataque para Ademir que abriu o contra-ataque. Ele avançou e abriu a jogada para Andy que de canhota, num toque sútil, mandou a bola na trave. No rebote Ademir mandou o bicudo. Dill, como goleiro linha, conseguiu defender. No rebote, Jones, da entrada da área, pegou e de canhota mandou ver, sacramentando assim a vitória do time da casa em 5 a 1.

Para o confronto desta noite, a Assoeva terá a recomposição dos seus quartetos. Boni e Marcelo Giba cumpriram suspensão e agora ficam à disposição do técnico Guilhermo Verfe. Com equipe completa, o comandante poderá voltar a compor as formações até então utilizadas com Boni, Saraiva, Torres e Dill; Marcelo Giba, Tuiu, Gabriel Darici e Vini Sapato.
Será o último jogo do ano da Assoeva no Poliesportivo. Vale a disputa de um título. É hora do torcedor se mobilizar e apoiar a equipe na busca pelo título.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome