Na quarta-feira, 15, dirigentes de clubes estiveram reunidos na cidade de Carlos Barbosa para tratar sobre as questões que envolvem a organização do Campeonato Estadual de Futsal Série Ouro 2017. Entre 12 a 14 equipes irão disputar a ‘1ª Divisão’ do Estadual que será comandado pela Liga Gaúcha de Futsal. A tendência maior é que a competição chegará somente a 12 equipes mediante o que foi discutido preliminarmente. Todas as equipes têm até segunda-feira, 20, para oficializar a participação. Um novo encontro entre as lideranças dos clubes está agendada para o dia 27, ocasião em que será oficializada a Série Ouro 2017 e elaborada a tabela de jogos.

“Foi um encontro bem positivo. Inicialmente foram discutidos os rumos da Série Ouro. Para isso foi criada uma diretoria para liderar a Liga Gaúcha. A reunião só não foi mais adiante porque foi dado prazo até o começo da próxima semana para as equipes se posicionarem quanto a participação no Estadual. Quanto aos clubes existe praticamente uma única dúvida”, destacou o vice-presidente da Assoeva/Unisc/ALM e que esteve em Carlos Barbosa, Vianei Hammes.

Em 2016 foram 14 as equipes integrantes da Série Ouro. Foram rebaixadas a Assaf, de Santa Cruz do Sul, e a Acafutsal, de Cachoeira do Sul. A ASTF, de Teutônia, irá disputar a Série Bronze em 2017. A ADS, de Sananduva, ‘fechou as portas’ do Departamento Profissional. A AGF, de Guaíba, é a maior dúvida se irá ou não disputar a Série Ouro. Se confirmar mais estas duas desistências, a Série Ouro passa a ter 11 equipes: Assoeva, ACBF (Carlos Barbosa), Atlântico (Erechim), Alaf (Lajeado), América (Tapera), Asif (Ibirubá), Flores da Cunha, BGF (Bento Gonçalves) e a Associação Sobradinho. As outras duas vagas são do Guarany, de Espumoso, e a Sase, de Selbach, campeão o vice-campeão respectiavemente da Série Prata 2016. Para fechar os 12 participantes, a Abelc, de Boa Vista do Buricá, foi convidada. “é bem provável que estas serão as 12 equipes da Série Ouro deste ano”, enfatiza Hammes.

Na reunião foi praticamente uma unanimidade a aposta pela desistência da AGF, de Guaíba. “Se Guaíba confirmar de última hora, vamos ter 13 equipes, caso contrário ficaremos em 12 que na verdade é o maior desejo dos demais que estão na disputa. Na reunião ficou acertado que se tivermos 13 equipes, três serão rebaixadas e duas sobem da Prata para 2018. Se tivermos 12, caem dois e sobem dois”, acrescenta Hammes.

Em 2018 ficou acordado entre os dirigentes que para participar da Série Ouro, a equipe deverá ter uma quadra com as medidas mínimas (36×18).

COMO SERáA Série Ouro deve começar dia 6 de maio. Na primeira fase serão jogos em turno e returno. Os oito melhores avançam de fase. Em seguida começa o mata-mata. Quem tiver melhor campanha terá a vantagem do jogo de volta em seu ginásio. Empate em pontos força a prorrogação. Nova igualdade leva a decisão da vaga para a série dos pênaltis.

A diretoria Liga Gaúcha de Futsal:

Presidente:

Claiton Almeida (Porto Alegre),

Vice-presidente de Finanças:

Fabiano Käfer (ACBF)

Vice-presidente técnico:

Elton Dalla Vecchia (Atlântico),

Vice-presidente Administrativo:

Vianei Hammes (Assoeva),

Coordenador:

Nelson Baviera

Diretor de Arbitragem:

Carlos Quaresma

Diretor de Marketing:

Alex Hermann.