Diego Tardelli entrou no segundo tempo e fez um dos gols da vitória gremistas diante do Libertad (Foto: Divulgação)

O jogo de ida das quartas de final da Libertadores entre Grêmio e Libertad, do Paraguai, disputado na Arena, em Porto Alegre, na noite desta quinta-feira, 25, foi daqueles que se costumam chamar de ‘teste para cardíaco’.

O Tricolor dominou completamente o primeiro tempo, teve chances de abrir o placar, mas não conseguiu vantagem nos primeiros 45 minutos. No início da segunda etapa, Geromel foi expulso e a torcida gremista ‘gelou’.

No entanto, quando parecia que o nervosismo tomaria conta da equipe, os comandados de Renato Portaluppi conseguiram marcar duas vezes, com Diego Tardelli e David Braz – dois que saíram do banco de reservas – e ficaram ‘bem na foto’ para o confronto de volta, na próxima quinta-feira, no Paraguai.

Agora, a equipe leva uma boa vantagem para o duelo decisivo. Pode perder por um gol de diferença que estará nas quartas de final. Só será eliminado se perder por três gols de diferença. Um novo 2 a 0, no caso em favor do Libertad, leva a decisão da vaga para as penalidades máximas.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome