O esporte ainda é considerado novo no RS e mais ainda em Venâncio Aires. Assim surgem as críticas das mais variadas como “olha o bombadinho” ou então “com anabolizantes é fácil”, mas que são facilmente superadas pela determinação do venâncio-airense Júlio César Silveira, de 19 anos.

O jovem irá participar pela primeira vez de uma competição de fisiculturismo. O Campeonato Gaúcho de Fisiculturismo, será realizado em Novo Hamburgo nos dias 7 e 8 de junho. Júlio competirá na categoria Estreantes de Juniores, de 18 a 21 anos.

Foto: Divulgação / Folha do MateJúlio se dedica diariamente aos treinos na academia, intensificando a preparação próximo a competição
Júlio se dedica diariamente aos treinos na academia, intensificando a preparação próximo a competição

O objetivo do atleta é ter uma boa participação na ocasião para então obter a classificação para o profissional gaúcho. Os critérios levados em consideração pela arbitragem são volume, definição (cortes), simetria (dois lados do corpo iguais) e a maneira de posar (a forma com que o atleta faz sua apresentação e chama a atenção). 

Para a competição, Júlio destaca que o tempo de preparação foi curto. “O tempo normal de preparação é de 90 dias, mas devido a uma lesão no ombro encurtou o meu tempo de para 52 dias. Então já tive que ir logo trabalhando com uma dieta e um treino bem específico e reforçado, mas estou confiante e acredito que tudo vai ocorrer bem”, destaca ele.

80 títulos em 22 anos de carreira

O fisiculturista goiano Márcio Viera Gonçalves, 38 anos, esteve em Venâncio durante a 13ª Fenachim e conversou com a reportagem da Folha do Mate. O atleta acumula em sua trajetória quase 80 títulos nacionais e internacionais.

Ele conta que, aos 16 anos, iniciou como faxineiro em uma academia, oportunidade que lhe permitiu ingressar no esporte. Aos 17 anos, já era campeão mineiro, em uma competição voltada a estreantes no esporte. Hoje, ocupa a 6ª posição no Campeonato Mundial e prepara-se para melhorar a marca em novembro deste ano, quando vai à índia participar da competição.

Foto: Divulgação / Folha do MateNo último Campeonato Mundial Marcinho alcançou o sexto lugar
No último Campeonato Mundial Marcinho alcançou o sexto lugar

Marcinho diz que para uma competição importante como o Campeonato Mundial, o atleta tem nove meses de preparação. No primeiro trimestre, preocupa-se em constituir massa magra sólida. No segundo, faz o amadurecimento desta constituição. Já nos últimos três meses, dedica-se à definição. “Nos seis meses finais treino cerca de 45 minutos por dia”, conta.