Atleta do Palmeiras usou momento do gol como forma de protesto e homenagem (Foto: Carlos Dickow)

Em um jogo bastante equilibrado no estádio Edmundo Feix, na sexta-feira, 10, à noite, Santo Antônio e Palmeiras proporcionaram uma bela partida para o público apreciador do futebol amador e mostraram que a decisão de um dos finalistas da 32ª edição da Taça da Amizade, em Linha Arroio Grande, será bastante acirrada.

O primeiro tempo foi truncado, com poucas oportunidades e um gol do Santo Antônio anulado por impedimento. Mas o cenário da partida mudou completamente após o intervalo. O Santo Antônio abriu o placar com um gol de falta de Guto Klafke.

Guto Klafke abriu o marcador em favor do Santo Antônio, em bela cobrança de falta (Foto: Carlos Dickow)

O Palmeiras foi em busca do empate e conseguiu, com Rogério Klock, o Chéio, fazendo o gol que manteve tudo igual: 1 a 1. O autor do gol vestia uma camiseta com a frase “Quem ama não mata”, em homenagem a Juliani Klamt, vítima de um feminicídio ocorrido na última semana na comunidade de Linha Arroio Grande. Nos Aspirantes, o Santo Antônio venceu o Palmeiras por 3 a 1.

JOGO DE DOMINGO

Na outra partida válida pela ida das semifinais da Taça, no domingo, 12, em Vila Santa Emília, o 20 de Setembro venceu o Tangerinas por 4 a 2. Nos Aspirantes, o 20 de Setembro também levou a melhor, vencendo o Rosário pelo placar de 3 a 2. Os jogos de volta da semifinal terão as datas definidas na quarta-feira, 15.

Resultados

No Edmundo Feix, 10
Aspirantes: Santo Antônio 3 x 1 Palmeiras
Titulares: Santo Antônio 1 x 1 Palmeiras

Em Santa Emília, 12
Aspirantes: Rosário 2 x 3 20 de Setembro
Titulares: Tangerinas 2 x 4 20 de Setembro

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome