Na expectativa do ok pela nova retomada dos jogos

-

A pergunta do momento que não quer calar e se busca uma resposta a cada dia é: “quando teremos a volta dos jogos oficiais”? Ninguém sabe ao certo. De concreto apenas é que muitos estão na torcida pela retomada o mais breve possível.

Nos Vales Taquari e Rio Pardo, Venâncio Aires foi pioneiro na retomada não apenas dos jogos bem como das competições oficiais. “Conseguimos por mais de 45 dias dar andamento no mínimo a dois dos campeonatos que são coordenados pela J30 Eventos. No futsal estavamos com a Copa Monte com três rodadas ao longo da semana. Conseguimos finalizar a primeira fase e já tínhamos dezenas de jogos eliminatórios concluídos. No futebol de campo a Copa Serrana vinha transcorrendo de forma normal. Também conseguimos concluir a primeira fase, o primeiro mata-mata e entramos na semifinal”, afirma o coordenador de ambas as competições, Jarles Dreissig.

Perante as restrições mais enérgicas do distanciamento controlado para fins de prevenção e de enfrentamento à epidemia causada pelo novo Coronavírus (Covid-19), as competições foram paralisadas no dia 1º de dezembro conforme decreto estadual. “De nada adianta bater pé e muito menos ficar lamentando ou jogando a responsabilidade para esse ou aquele. Somos favoráveis sim por todas as precauções mas posso afirmar que do outro lado a pressão diária é grande pelos desportistas em geral para que se tenha o mais breve possível o aceno favorável pela retomada dos jogos. Isso vale não apenas para as competições como os tradicionais horários de futebol em ginásios e quadras abertas”, relata Dreissig.

Ele cita que tem campeonato em andamento na região. “As restrições oscilam de cidade para cidade. Se sabe que muitos proprietários ainda se arriscam em permitirem jogos de futebol 7. Estes de uma ou outra forma seguem sendo realizados. Pessoal não deixou de jogar. Está sim num ‘pico’ bem menor a realização de alguns jogos no decorrer da semana e se tem a certeza que a cada dez convites da pessoas para algum jogo, nove acabam aceitando”, relata o coordenador.

A Copa Monte tem no mínimo cinco rodadas ‘atrasadas’. “A projeção que tínhamos era de completarmos a fase semifinal nas sete categorias – Ouro, Prata, Bronze e Chumbo masculino, mais Ouro, Prata e Bronze feminino – até o dia 23 deste mês. Assim deixaríamos as finais da 13ª edição para os primeiros dias de janeiro de 2021. Sem termos uma projeção pela nova retomada, fica difícil projetar algo de mais concreto. Tomara que tenhamos novidades até este fim de semana. A expectativa e torcida gira em torno disso”, completa Jarles Dreissig.

Ele acrescenta que diante de uma retomada, a intenção é de jogos nas segundas, quintas e sextas-feiras pela Copa Monte de Futsal. Nas terças e quartas-feiras as datas ficariam vagas para o Futebol 6 Society.

Em relação a Copa Serrana, a competição tem pendente a realização da rodada de volta da fase semifinal. Tivesse seu andamento normal, a equipe campeã seria conhecida na tarde do dia 20. A torcida de momento é pelo menos pela disputa dos jogos de volta da fase semifinal, no dia 20. Assim as finais ficarão os dias 10 e 17 de janeiro de 2021.

94 – é o número de gols marcados em 38 jogos na 14ª edição da Copa Serrana. As equipes locatárias marcaram 54 gols contra 40 dos visitantes. Tem 19 vitórias dos mandantes, 12 empates e nove vitórias dos visitantes.

Na semana entre Natal e Ano Novo está descartada a realização de jogos tanto pela Copa Monte de Futsal, Copa Serrana e ainda pelo Futebol 6.

Futebol 6 Society

Outra competição programada pela J30 Eventos e que apenas falta a bola rolar é a segunda edição da Taça Coopeva de Futebol 6 Society. Abertura estava projetada para o dia 1º de dezembro mas acabou sendo transferida diante das novas restrições para frear a disseminação da Covid-19. Se não forem liberados os jogos na próxima semana, tendência é da competição começar somente em janeiro de 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes