Geferson Kern: sonho de infância realizado na narração automobilística

-

Está dada a largada da nova temporada da Fórmula Indy no Brasil. Um dos campeonatos automobilísticos mais conhecidos no mundo será narrado pelo jornalista venâncio-airense Geferson Kern, 31 anos. A estreia da temporada 2021 será neste domingo, 18, a partir das 16h30min, pela TV Cultura.

Formado desde 2018, Kern teve a primeira experiência na área de Jornalismo como colunista musical, com a coluna Alto e Bom Som, na Folha do Mate. A atuação como repórter começou por volta de 2010, na Rádio Venâncio Aires (RVA). “De início, acompanhava de tudo e atuava no esporte nas transmissões de jogos, em especial futebol e futsal. Com o tempo, passei a me concentrar somente no esporte e, depois, dentro dele, no segmento de esporte a motor”, destaca.

Mas a paixão pelo automobilismo já vem de berço, quando ele tinha apenas 5 anos e costumava assistir às corridas de 1994. “O automobilismo é uma paixão que surgiu desde criança, quando eu acompanhava a Fórmula 1, Fórmula Indy e Stock Car. Com o tempo, comecei a ter um contato real, além da televisão, frequentando autódromos como o de Venâncio Aires, Velopark e outros pelo Brasil. O automobilismo está comigo desde sempre, antes mesmo do gosto pela comunicação”, afirma o profissional que, além do Jornalismo e narração, é servidor público da Prefeitura de Venâncio Aires, onde trabalhou na assessoria de comunicação.

Contato

Em 2010, quando ainda trabalhava na RVA, Kern foi convidado por Jeferson Schwingel, o GP, integrante da diretoria do Venâncio Kart Clube, para narrar uma prova no Kartódromo de Venâncio Aires. A partir desta experiência, ele começou a participar do kart no Velopark, arrancada no Velopark, de provas e campeonatos de abrangência nacional (como 12 Horas de Tarumã e Império Endurance Brasil) até chegar a narrador da Fórmula Indy.

No primeiro momento, foi difícil acreditar que estava sendo convidado para ser narrador da nova temporada do campeonato automobilístico. O primeiro contato com o diretor de esportes da TV Cultura, Vladir Lemos, ocorreu no dia 1º de abril, o que causou insegurança. “Depois da conversa por telefone, cheguei a perguntar se tudo aquilo era sério ou era uma pegadinha”, recorda o jornalista que, a partir daquele dia, teve que mudar a vida e partir para um novo desafio.

Há 10 dias, Kern mudou de rotina, de trabalho e de cidade. Pelo menos até o fim de setembro, São Paulo será a sua segunda casa, até o término da temporada da Fórmula Indy. A temporada 2021 começa no dia 18 de abril, no Alabama. Em 30 maio, a categoria disputa as 500 Milhas de Indianápolis. A última etapa acontece em Long Beach, em 26 de setembro.

“Atuar na Fórmula Indy é um desafio gigantesco”

A partir deste domingo, 18, Geferson Kern terá um novo desafio pela frente e pretende fazer jus às principais características da Fórmula Indy, que conta com a categoria mais veloz do planeta. O jornalista sabe do compromisso em fazer parte de uma das temporadas mais competitivas, já que, no ano passado, foram sete vencedores diferentes em 14 provas e, em 2021, serão 17 corridas no total. “Competitividade é uma marca registrada da Fórmula Indy, que na metade das provas da temporada, também terá participação de brasileiros nas 500 Milhas de Indianapólis”, afirma.

Para ele, é um desafio gigantesco assumir este papel, pois a categoria está estabelecida de forma oficial no Brasil desde 1984, quase tanto tempo quanto a Fórmula 1. “É uma oportunidade sensacional de fazer algo que amo e surge num momento tão difícil para todos nós, com todas as implicações relativas à pandemia. Há pessoas que gostariam apenas de uma chance de sobreviver e estarem sãs e saudáveis para estar perto de quem gosta, então ter uma chance desta magnitude, sobretudo num cenário tão adverso, é uma bênção, na qual preciso trabalhar muito para ser capaz de retribuir”, considera.

Fórmula Indy

• Antes de receber o convite para ser narrador oficial da temporada 2021, Kern desenvolvia conteúdos para redes sociais da Fórmula Indy, em português, voltados aos fãs do Brasil. Em 2020, este trabalho foi experimental e, depois, foram lançadas as plataformas Formula Indy Oficial, com redes sociais específicas, aplicativo em português, entre outros projetos que ainda estão sendo desenvolvidos no segmento do esporte a motor.

LEIA MAIS:

notícias esportes Folha do Mate

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes