Divisão de Acesso, após três rodadas no mês de março, tem somente agora um desfecho final: cancelamento. Foto: Roni Müller)

A novela pela retomada ou não da Divisão de Acesso teve seu capítulo final na tarde desta sexta-feira, 21. A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) realizou um encontro virtual com os presidentes dos 16 clubes. No final, dirigentes chegaram ao consenso pela inviabilidade da continuidade da competição.

Clubes como Glória, de Vacaria, Brasil, de Farroupilha, Inter, de Santa Maria e o Guarany, de Bagé, entenderam que estavam aptos e votaram pela retomada.

Como não houve uma unanimidade entre os clubes para o retorno dos jogos – sete prefeituras, por exemplo, ainda não autorizaram a realização das partidas e treinos nas suas cidades devido à pandemia – no final prevaleceu o cancelamento.

“Não fossem todas essas dificuldades e mais os gastos que teríamos com testes e correria para atender todos os protocolos, gostaria e muito em ter a Divisão de Acesso de volta. Do jeito que nos foi apresentado o retorno, sem uma ajuda financeira a mais que foi proposto, fica inviável realizar futebol. Pela saúde financeira dos clubes a melhor solução de momento encontrada foi o cancelamento da competição. Talvez mais para o fim do ano quem sabe a FGF venha a realizar alguma copinha que seja atraente para os clubes”, disse o presidente do Guarani, Sérgio Batista.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome