Jogador do Guarani diz ter sido chamado de macaco após o jogo em São Gabriel

-

Mais um ato de racismo veio à tona em jogo da Divisão de Acesso de 2022. O zagueiro Lucas Matheus da Silva Nascimento, atleta do Guarani de Venâncio Aires, registrou ocorrência policial alegando ter sido chamado de macaco após o confronto contra o São Gabriel. A partida válida pela segunda rodada rodada do returno da Divisão de Acesso foi disputada no domingo, 22, no Estádio Sílvio de Faria Corrêa, em São Gabriel.
Conforme relatório da arbitragem em súmula, houve um princípio de confusão quando os atletas do Guarani deixavam o gramado para adentrarem no vestiário. Lucão, atleta do Guarani, teria iniciado uma discussão com o atleta do São Gabriel, Paulo Henrique Borges de Paiva, que não havia sido relacionado para o confronto.
Após contido pelos companheiros de equipe, Lucão se dirigiu à equipe de arbitragem alegando ter sido chamado de macaco por torcedores da equipe do São Gabriel. No relatório consta ainda que de imediato foi perguntado ao atleta se era possível identificar os autores das supostas ofensas e o mesmo respondeu que não se encontravam mais no local.

Titular da Delegacia de Polícia de São Gabriel, o delegado José Soares Bastos disse à reportagem da Folha do Mate, na tarde de hoje, que já recebeu a ocorrência registrada pelo zagueiro Lucão e, como houve a intenção de representação criminal, um inquérito foi instaurado. O defensor do Guarani fez o boletim ainda no Estádio Sílvio de Faria Corrêa, por meio da guarnição da Brigada Militar que estava no local.

“Vamos buscar as imagens e tentar identificar os suspeitos, pois o jogador relatou as características físicas e as vestes de duas pessoas que teriam cometido os atos de injúria racial”, falou o delegado, acrescentando que também poderão ser utilizadas, caso existam, “imagens extraoficiais, feitas com telefones celulares”.

Se forem identificados os autores, eles serão ouvidos. O zagueiro Lucão, de acordo com o titular da Delegacia de São Gabriel, também prestará novo depoimento e poderá apresentar testemunhas que tenham, eventualmente, presenciado o episódio. “Ainda é tudo muito incipiente, estamos iniciando o procedimento”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes