Equipe formada por neurologista, nutricionista, fisioterapeuta e psicóloga atendem no mesmo consultório do cardiologista Felipe Serena Porto (Foto: Cassiane Rodrigues/Folha do Mate)

Cada vez mais, os profissionais de saúde têm se unido em um mesmo espaço para atender os pacientes. Hoje, é comum encontrar uma única clínica com diferentes especialidades médicas. Há também profissionais que intercalam o atendimento no mesmo consultório e atuam em cidades diferentes por meio das parcerias do espaço. Médicos e outros profissionais da saúde compartilham a mesma sala, formando as chamadas equipes multidisciplinares.

É o caso do cardiologista Felipe Serena Porto, que atende no Centro de Venâncio Aires, junto com mais quatro profissionais. Ele é plantonista da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) há três anos e meio e, desde então, trabalha na clínica que fica no Edifício Reynaldo Schmaedecke.

Desde o primeiro ano, divide o espaço com mais profissionais de saúde, que utilizam o consultório nos dias em que o cardiologista trabalha no hospital ou em horários diferenciados. “É uma forma de ocupar o espaço enquanto não estou e também oferecer mais serviços aos pacientes”, afirma.

A fisioterapeuta especialista em cardiologia, Michele Saldanha; nutricionista, Geane Caetano; psicóloga, Évelin Fröhlich; e a neurologista Ariádene Espig, que é de Santa Cruz do Sul e atende uma vez por semana na Capital do Chimarrão, utilizam o consultório.

Estão em fase de conclusão as obras da nova clínica onde os profissionais vão atuar. No novo espaço, que fica na rua Tiradentes, a intenção é recrutar médicos de diferentes especialidades para fazer parte da equipe.

TRATAMENTO

Porto afirma que é muito válida a parceria com os profissionais para o encaminhamento dos tratamentos necessários. “Nós vemos resultados muito significativos, até de pacientes que muitas vezes param de tomar remédios com o tratamento multidisciplinar”, destaca. Essa parceria facilita tanto para o paciente, que tem todos os serviços num mesmo lugar, como para os profissionais, que podem trabalhar em conjunto para o melhor tratamento para os pacientes.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome