Segundo o Ministério da Saúde, esta ação é mais um passo na estratégia de ampliar a oferta de vacinação para os brasileiros. (Foto: Thomas Pete/ Agência Brasil)
Segundo o Ministério da Saúde, esta ação é mais um passo na estratégia de ampliar a oferta de vacinação para os brasileiros. (Foto: Thomas Pete/ Agência Brasil)

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, assinou um protocolo de intenções, na terça-feira, 20, para adquirir 46 milhões de doses da vacina CoronaVac, que está sendo desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Segundo o Ministério da Saúde, esta ação é mais um passo na estratégia de ampliar a oferta de vacinação para os brasileiros. Somadas, as três vacinas que já foram acordadas pela compra– AstraZeneca, Covax e Butantan-Sinovac – representam 186 milhões de doses, a serem disponibilizadas ainda no primeiro semestre de 2021. Segundo o Ministério, o processo de aquisição ocorrerá após o imunizante ser aprovado e obter o registro junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). (Fonte: Agência Brasil).

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome