Campanha da Fraternidade: foco na educação em 2022

-

A Campanha da Fraternidade de 2022, que começou no dia 2 de março, tem como lema ‘Fala com sabedoria, ensina com amor’. Ela se estende até o próximo domingo, 17, data da Páscoa. Neste ano, segundo o padre Roque Hammes, a campanha foi trabalhada na igreja por meio de missas, canto do hino, orações, trabalho nas escolas e na catequese. Ainda, no último domingo, 10, uma coleta de valores foi feita para ser encaminhada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A arrecadação irá auxiliar trabalhos sociais realizado pelas igrejas.

Conforme o pároco, o lema deste ano está voltado à educação, não só para escola. “É voltado para a fala e a escuta com amor. As pessoas precisam escutar as outras, e a si mesmos também”, enfatiza. Além disso, ele ressalta a importância de os adolescentes escutarem os avós, para que possam aproveitar a sabedoria que os mais velhos têm a passar.

Na noite de terça-feira, 12, o padre Roque e a voluntária da paróquia, Janice Reis, estiveram na Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Crescer, para falar sobre a Páscoa e um pouco mais da proposta da Campanha da Fraternidade para este ano. Também nesta semana, a Paróquia São Sebastião Mártir estará recolhendo alimentos não perecíveis, roupas e materiais escolares, que podem ser levados até a igreja. Os produtos serão destinados ao Centro Vocacional João XXIII e encaminhados a quem precisa.

Comunidades

Este momento de preparação para a Páscoa também é trabalhado pelas comunidades. De acordo com a catequista da Comunidade Católica São José Operário, do bairro Cruzeiro, Leci Treib, há uma preparação para a Páscoa por meio de encontros, na capela da comunidade, uma vez na semana, feitos por líderes e fiéis. Na ocasião, é feita a leitura da Palavra de Deus, orações, meditação e reflexões dos assuntos ligados à Campanha da Fraternidade. Segundo ela, a ação comunitária está sempre ligada à campanha e, este ano, uma coleta de roupas e alimentos será feita para ajudar a quem mais necessita.

Leia mais:

notícias cultura Folha do Mate

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes