Concurso Soberanas da 16ª Fenachim: conheça a candidata Jéssica Becker

-

A jovem Jéssica Alessandra Becker, 27 anos, é uma das 16 candidatas a soberanas da Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim). A filha de Cesar Ricardo Becker e Rosemeri Jungblut tem cinco irmãos e uma irmã, são eles: Marcelo, Miguel, Helena e Douglas Becker, Gabriel e Rafael Ferreira. Moradora do bairro União, Jéssica é formada em Direito pela Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e atua como advogada em Venâncio Aires, município que nasceu e cresceu.
Jéssica representa a Associação Tradicionalista Venâncio-Airense (ATVA), Rotary Club Venâncio Aires e Sociedade Esportiva Cultural e Recreativa Onze Unidos. A rainha e princesas da festa serão eleitas no dia 30 de outubro.


Jéssica participa nesta quinta-feira, 23, do programa Terra em Uma Hora, da Rádio Terra FM, a partir das 12h. Sintonize a 105.1 FM ou acompanhe em vídeo nas páginas da Folha e Terra, no Facebook.



Qual habilidade ou característica é indispensável para uma soberana?

O amor pelo município e a capacidade de representar toda a diversidade de um povo, enaltecendo as potencialidades de Venâncio Aires e sendo inspiração para as próximas gerações.

Participar do concurso que vai eleger as soberanas da Fenachim 2022 é…
Uma experiência única, que nos proporciona, além do aprofundamento de nossos conhecimentos sobre Venâncio Aires, o crescimento e o desenvolvimento pessoal ao longo da trajetória.

Uma sugestão ou conselho para o presidente da Fenachim, Vilmar de Oliveira:
Aconselho ao presidente direcionar esforços para fomentar a economia venâncio-airense, por meio do resgate das grandes feiras comerciais que sempre elevaram o significado da festa, tornando-a uma referência não só cultural, mas também econômica em nível estadual e nacional.

Qual ou quais soberanas mais te marcaram ao longo da história da Fenachim?
As soberanas que me marcaram são Francine Rabuske (8º Fenachim – 2003), Daniela Azeredo (9ª Fenachim – 2006), Ângela Bencke e Tamara Wermuth (11ª Fenachim – 2010), Letícia Wacholz (12ª Fenachim – 2012), Luana Schonarth (13ª Fenachim – 2014) e Daiara Stein (14ª Fenachim – 2016), tanto pelo amor e representatividade, quanto pela determinação, humildade e simpatia que carregavam consigo.

Cite uma edição da Fenachim que seja marcante ou especial para você?
A 8ª Fenachim, que ocorreu em 2003. Lembro até os dias de hoje a visita que fizemos com a escola Monte das Tabocas. Lá estava a corte para nos recepcionar. Naquela ocasião, um sonho se instalou em mim: de um dia poder representar o povo venâncio-airense e contribuir diretamente para o sucesso da nossa festa.

O local favorito para tomar chimarrão?
Estando ao lado da minha família, qualquer local se torna agradável para matear.

Um local ou ponto que você indicaria para um turista conhecer em Venâncio Aires?
Convidaria o turista a sorver o seu mate enquanto faz um passeio pela Rota do Chimarrão, apreciando as belas paisagens e os pontos turísticos do nosso interior, como a Figueira Centenária e a Escola do Chimarrão.

Uma causa que você apoia?
Dentre tantas causas importantes, o voluntariado é uma das mais predominantes, pois podemos contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária, praticando a solidariedade.

Redes sociais são?
Uma forma de conectar pessoas, mas também de separá-las por meio de julgamentos e fake news. Tudo depende de seu uso consciente.

Cite uma curiosidade ou algo que você gostaria que a comunidade soubesse sobre você:
Como membro do Rotaract de Venâncio Aires, no mês de dezembro, durante o período da programação natalina, faço parte do grupo de ajudantes do Papai Noel do Dindinho.

Mate curto

Um hobby: ler e cozinhar para amigos e familiares.
Time do coração: Grêmio.
Um sonho: ser reconhecida profissionalmente, auferindo destaque à minha profissão, bem como, contribuir, por meio da liderança e do voluntariado, para uma sociedade mais justa e igualitária, dando ênfase às causas sociais e humanitárias existentes em nossa cidade.
Um medo: de que a autocobrança atrapalhe a concretização dos meus sonhos.
Um desejo para o pós-pandemia: que as pessoas pratiquem a solidariedade diariamente e que a união e o respeito pelo outro sejam fortificados.

LEIA MAIS:

Conheça a candidata Alexandra Keller
Conheça a candidata Bruna Oliveira
Conheça a candidata Gabriela de Moura
Conheça a candidata Inajara Cichelero
Conheça a candidata Janice Mueller

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes