Idoso é mais uma vítima do conto do bilhete, em Venâncio Aires

-

Um homem de 74 anos perdeu R$ 11 mil para dois golpistas, que na tarde de quarta-feira, 25, lhe aplicaram o ultrapassado – mas sempre eficiente – conto do bilhete premiado. A vítima disse que caminhava pela rua Coronel Agra, perto da Sociedade Olímpica, na área central da cidade, quando foi abordada pelo primeiro golpista.

Com aparência de uma pessoa humilde e cerca de 40 anos, ele perguntou sobre um determinado endereço, quando surgiu o segundo golpista. Durante a conversa o primeiro estelionatário disse que tinha um bilhete premiado e então o segundo golpista simulou uma ligação para a Caixa Federal, confirmando que o bilhete era premiado, no valor de R$ 1 milhão.

No entanto, o golpista que se disse dono do bilhete alegou que sua casa tinha incendiado e que não possuía documentos para sacar o prêmio. Então o idoso se prontificou a ajudar e, por isso, ganharia R$ 100 mil. Mas teria que deixar uma garantia de que não fugiria com o bilhete.

Então o homem foi até o Banco do Brasil, onde sacou R$ 6 mil. Depois, foi com a dupla até uma agência de Santa Cruz do Sul, onde sacou mais R$ 5 mil. Assim que pegaram o dinheiro, os estelionatários pediram para o idoso ir buscar uma água e fugiram. O celular da vítima também foi levado, pois ficou dentro do carro dos golpistas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes