Livro ‘Era uma vez em…Venâncio Aires’, já tem data para ser apresentado à comunidade

-

‘Era uma vez em…Venâncio Aires’. Este é o título do livro que está em produção pela escritora Léia Cassol, e que abordará um pouco sobre os pontos turísticos e a história da cidade. O lançamento está marcado para o dia 11 de maio, data de aniversário de Venâncio Aires, às 19h30min, durante a programação da 16ª Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim). Na ocasião, será feito a leitura do livro para os presentes. Nos dias 12 e 13, haverá contação da história para as crianças, às 14h.

Natural do Paraná, Léia é autora de mais de 80 livros publicados e contadora de histórias há mais de 25 anos. Em Venâncio, já realizou trabalhos em escolas e marcou presença na Feira do Livro.

A coleção ‘Era uma vez em…’ teve início no ano de 2011, com a cidade de Ivoti, após solicitação para que houvesse um livro informativo infantojuvenil sobre o município. A partir disso, a escritora passou a produzir uma narrativa com personagens locais e outros, já criados por ela, e anexou informações em boxes sobre as cidades para quem destinava a obra. Até o momento, a coletânea já abrangeu 12 cidades gaúchas.

Em Venâncio Aires, a proposta para a produção de um livro local ocorre desde o ano passado. Após a apresentação do projeto da coletânea pelo proprietário da Editora Cassol, editora pela qual o livro está sendo produzido, Gilmar Cassol, à Secretaria Municipal de Educação, houve a contratação do serviço.

De acordo com o secretário de Educação, Émerson Eloi Henrique, a obra será importante devido ao pouco material com linguagem acessível sobre as informações regionais para crianças menores, trabalhadas em sala de aula, e que estão previstas em documentos voltados à grade de estudo. Mil exemplares do livro serão adquiridos para serem distribuídos nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) e nas de Educação Infantil (Emeis).

A produção

Um dos pontos turísticos visitados por Léia foi a Figueira Centenária, em Vila Deodoro. (Créditos: AI Prefeitura)

Segundo Léia, para a escrita da obra, que já iniciou em fevereiro, dois momentos foram necessários. O primeiro foi uma pesquisa bibliográfica sobre os fatos históricos. O segundo, uma visita de campo para conhecer os pontos turísticos e um pouco mais sobre Venâncio. A escritora esteve na cidade no dia 3 de março e fez a coleta de materiais necessários para o livro. “Faço isso em todos os lugares, pois preciso sentir aquilo que vou escrever”, acrescenta.

Sobre os personagens envolvidos, Léia adiantou apenas a presença de duas crianças e um cachorro, e temáticas a respeito de amizade, família, valores, fatos históricos, pontos turísticos e hospitalidade. “Se tem uma cidade que é hospitaleira, é Venâncio. Me sinto muito acolhida. As pessoas chegam de fora e os moradores acolhem, é como coração de mãe”, comenta, entusiasmada.

Informações sobre o município serão destacadas no livro infantil, em paralelo à narrativa literária.

Leia mais:

notícias cultura Folha do Mate

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes