Livro infantil destaca história, pontos turísticos e cultura de Venâncio Aires

-

Por Bruna Stumm e Juliana Bencke

Na noite de quarta-feira, 11, data em que Venâncio Aires comemorou 131 anos de emancipação, foi apresentado ao público o livro infantil ‘Era uma vez em… Venâncio Aires’, da escritora Léia Cassol. O evento de lançamento ocorreu durante a programação da 16ª Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim).

Na ocasião, a autora contou a história para crianças e adultos que acompanharam a solenidade, no Lonão. Por meio de uma história fictícia, cujos personagens principais são o menino Ben e seu cachorro Ilex, há informações sobre a história, pontos turísticos, cultura e fatos sobre o município de Venâncio Aires, em especial, o Cerro do Baú, localizado em Vila Arlindo.

Para essa produção dar certo, Léia fez a coleta de dados e informações em dois momentos: a partir de uma pesquisa bibliográfica e uma visita ao município para conhecer pontos turísticos e locais importantes para embasar a escrita do livro.

Segundo a escritora, a produção foi “maravilhosa”. Ela destaca que ficou muito envolvida com a história, a cultura, os fatos e a cidade, e que conviveu com as pessoas para se inspirar e escrever a narrativa. O livro é a 85ª obra da autora, que é natural do Paraná e mora em São Leopoldo.

Exemplares

De acordo com a coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Juliane Weiss Niedermeyer, foram adquiridos mil livros para serem distribuídos entre as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) e de Educação Infantil (Emeis) da cidade.

Segundo o secretário de Educação, Émerson Eloi Henrique, o livro vem preencher uma lacuna que havia de conteúdos relacionados à história e aos pontos turísticos de Venâncio Aires, em uma linguagem infantil. “Buscamos uma autora que é referência para produzir esse conteúdo, que agora será trabalhado de forma lúdica com as crianças.”

Durante o lançamento do livro, o prefeito Jarbas da Rosa ressaltou que não havia melhor forma de comemorar o aniversário de 131 anos do município do que com uma ação voltada ao futuro, mas com a valorização da história e da geografia. “São essas crianças que vão ler esse livro que vão fazer o futuro, os próximos 130 anos de Venâncio. Por isso, investir em educação é fundamental”, enfatizou.

Contação de histórias

Durante a tarde de quinta, 12, os estudantes movimentaram o Lonão, na Fenachim. Na ocasião, ocorreu uma contação de história com Léia Cassol, que divertiu, cantou e encantou a criançada de diversas Emeis do município. Antes de a autora subir ao palco, a abertura do espetáculo ficou a cargo da turma da pré-escola da Emei Mônica, com o teatro o ‘Chá das Maravilhas’, baseado no texto de Léia Cassol.

Pré-escola da Emei Mônica apresentou uma peça de teatro na tarde de quinta-feira. (Foto: Divulgação)

“A vida é feita de histórias, e a de Venâncio eu contei só um pedacinho neste livro: Era uma vez em… Venâncio Aires.”

LÉIA CASSOL

Escritora

notícias cultura Folha do Mate

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes