Pelo Mundo – Uma parada cultural para aprender um pouco mais do que existe por aí

-

Primeira parada: Alemanha

Neste sábado tem estreia aqui no Na Pilha! Daremos uma volta por alguns países para descobrirmos algumas ideias interessantes e diferentes que podem inspirar mudanças no nosso cotidiano.

Hoje, nossa parada será na Alemanha, e quem deu as dicas superbacanas foi a venâncio-airense Francieli Reis, de 27 anos, que vive no país alemão desde outubro do ano passado. Fran, antes da primeira mudança, morava em Santa Emília, no interior de Venâncio. Quando iniciou a faculdade de Direito, na qual é formada pela Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), passou a morar no Centro da cidade.

Depois da facul, o desejo de ser Au Pair (babá fora do país), a levou para os Estados Unidos, por 18 meses. Agora, ela vive com uma família no norte da Alemanha, em uma cidade chamada Hamburgo. “Vim com o intuito de entender um pouco melhor nossas raízes, de por à prova o alemão que falamos no Rio Grande do Sul e aprender o alemão daqui”, explica.

Fran mora em Hamburgo, na Alemanha, desde outubro de 2021.

Para se inspirar

‘Bibliotecas’ ao ar livre

As Bücherschrank – estantes- ficam espalhadas pelos bairros das cidades alemãs. (Fotos: Francieli Reis)


Essa é para o leitores de plantão. Imagine que você terminou um livro e deseja retirar outro sem ir muito longe. As Bücherschrank (estantes) ficam instaladas pelos bairros da cidade. De acordo com Fran, os livros são em alemão, mas pode-se encontrar alguns em Língua Inglesa e infantis.

Supermercado: um aliado da natureza


Sobre o supermercado, Fran relata que há pouquíssimo uso de sacolas plásticas para carregar as compras. Para isso, a população utiliza sacolas retornáveis ou adquire uma caixa para colocar os produtos que foram adquiridos.
Além disso, a venâncio-airense pontua o sistema Pfand (depósito em português). Com ele, os moradores adquirem produtos de garrafa pet, vidro e latinhas, pagam alguns centavos a mais pela embalagem e, ao retornar ao supermercado e devolver a embalagem para uma máquina, ganha-se um ticket com um valor, que pode ser utilizado no pagamento de novas compras. Sobre as sacolinhas para colocar frutas, no país alemão são fabricadas apenas as biodegradáveis, o que as tornam pouco resistentes.
Além disso, Fran acrescenta que em julho de 2021, o país proibiu a fabricação de plásticos descartáveis, com o intuito de reduzir o produto. O mesmo vale para os canudos, que são feitos de papel atualmente.

Embalagens que contenham o rótulo do sistema Pfand, podem ser devolvidos em máquinas do sitema.
Caixas são utilizadas para transportar a comida.

Viaje pela Alemanha por 9 euros

Durante os meses de junho, julho e agosto, é possível viajar por toda Alemanha por apenas 9 euros. Segundo a gaúcha, essa é uma iniciativa para incentivar o uso de transporte público pelo país. Dessa forma, ao adquirir o ticket, pode ser utilizado de forma ilimitada nesse período, com acesso a trens da cidade e da região. Não são válidos para trens de longa viagem. A cada mês que inicia, deve-se comprar um novo ticket.

Sobre a Alemanha

Capital: Berlim
População: 83.779.706
Idioma: Alemão
Moeda: Euro € = 1 euro equivale a cerca de R$ 5,20
Localização: Europa Ocidental
Fuso horário: Durante o verão, que dura 6 meses, o fuso-horário é de 5h. Nos outros meses, são 4h

Leia mais:

notícias variedades Folha do Mate

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes