Suspeito de comprar gasolina usada para incendiar loja da esposa de policial é preso

-

Agentes da Polícia Civil de Venâncio cumpriram dois mandados de prisão preventiva, na tarde desta quinta-feira, 7. A ação prendeu um dos dois homens acusados como responsáveis por comprar a gasolina usada para incendiar a loja da esposa de um policial militar. O crime foi praticado na madrugada do dia 24 de junho, na rua Osvado Aranha, no Centro de Venâncio.

O indivíduo foi preso no bairro Santa Tecla e será encaminhado à Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (Peva). O outro homem que também teria ajudado a comprar a gasolina ainda está na condição de foragido.

Agora são cinco pessoas presas preventivamente, suspeitas de envolvimento no incêndio criminoso. O homem que seria o mentor do crime, que está recolhido na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc), também teve a prisão preventiva decretada.

Assim, das seis pessoas apontadas pela PC pela participação no incêndio criminoso, só uma está foragida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes