Enfermeira Letícia Becker fala sobre a importância da vacinação (Foto: Eduarda Wenzel/Folha do Mate)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil) começou no dia 5, e segue até dia 30, na Unidade Básica de Saúde (UBS) Central. A vacinação é direcionada para crianças entre 1 ano e 4 anos e 11 meses. No total, o município pretende vacinar 169 crianças, mas até o momento, 68,5% receberam a dose.

Conforme a enfermeira da UBS, Letícia Becker, mesmo sendo uma boa porcentagem, ela esperava que fosse ainda maior, pois nos outros anos a procura foi nos primeiro dias. “Vejo que os pais estão com receio de vir, talvez por causa da pandemia. Porém, não devem deixar de dar essa proteção aos filhos”, ressalta.

Para oferecer mais horários para a população, a UBS fez o dia D, no sábado, 17, quando o local ficou aberto durante o dia para aplicação das vacinas. Neste dia, 51 crianças receberam a dose contra a poliomielite. “O número não é ruim, mas em comparação aos outros anos e outras campanhas de vacinas, eu esperava mais”, analisa a enfermeira.

Durante o dia D, Letícia explica que as enfermeiras cuidaram para evitar aglomeração, já que no turno da manhã o posto teve bastante procura. “Separamos a vacinação em duas salas e pedimos para que as pessoas esperassem na rua, assim não tinha aglomeração e fluiu bem o trabalho”, comenta.

“Ainda temos alguns dias de vacinação da poliomielite e da multivacinação, então peço que levem as crianças. A vacina é uma proteção que já erradicou doenças e precisamos delas para prevenir as que ainda temos.”

LETÍCIA BECKER – Enfermeira

Multivacinação

Além de ser o mês da campanha da poliomielite, também é o período da campanha de multivacinação para crianças e adolescentes menores de 15 anos. O objetivo dessa ação é atualizar a carteira de vacinação desse grupo. “Tivemos bastante procura para análise da carteira de vacinação, contudo, nem todos tinham doses atrasadas, mas quem precisava recebeu a vacina”, argumenta Letícia.

No dia D, esse serviço também foi oferecido. Ao todo, 14 pessoas receberam doses de vacinas. Segundo a enfermeira, as mais procuradas foram de HPV – que previne lesões genitais e no colo do útero -, febre amarela – que protege da própria doença – e vacina meningocócica ACWY – que protege contra meningite A, C W e Y.

As campanhas seguem até o dia 30, na UBS Central. Contudo, as vacinas de febre amarela e tríplice viral são feitas apenas nas quartas-feiras, pois o prazo de validade dos frascos, quando abertos, é de poucas horas.

Crianças vacinadas contra a poliomielite

Idade – Porcentagem atingida de cada demanda

  • 1 ano – 61,22%
  • 2 anos – 61,54%
  • 3 anos – 61,52%
  • 4 anos – 88,10%

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome