Profissional atuará na vistoria em imóveis, com objetivo de eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti (Foto: Divulgação)
Profissional atuará na vistoria em imóveis, com objetivo de eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti (Foto: Divulgação)

Encerra nesta quinta-feira, 13, o prazo para se inscrever no processo seletivo simplificado, da Prefeitura de Mato Leitão, para contratação de um agente de endemias. O profissional vai atuar em um trabalho de vistoria nos imóveis da cidade, com o objetivo de minimizar focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya. O contrato é de 12 meses, podendo ser prorrogado.

O fiscal sanitário Luiz Antônio Lopes explica que, entre as 16 amostras do Levantamento de Índice Amostral (LIA), coletadas em junho, duas tiveram resultado positivo de focos do mosquito Aedes aegypti, que se cria em ambientes com água parada, como pneus velhos, entulhos ou vasos de plantas. “O LIA é realizado de dois em dois meses, justamente para verificar a presença do mosquito na área urbana. Duas amostras positivaram para o Aedes aegypti, colocando o município de Mato Leitão na condição de infestado”, explica.

Ao mesmo tempo, no período, o município ficou sem os profissionais que atuavam nesse controle, por conta de aposentadoria e pedido de demissão. Assim, apenas as Agentes Comunitárias de Saúde permaneceram atuando nesta área. “Como a condição de município infestado pelo Aedes muda os protocolos, foi indicada a necessidade de contratação de um agente de endemias com dedicação exclusiva ao programa”, esclarece Lopes.

Mato Leitão possui mais de 900 imóveis urbanos que deverão ser visitados pelo agente que será contratado, ocorrendo aproximadamente 25 coletas diárias de larvas. Elas serão remetidas à 13ª Coordenadoria Regional de Saúde, para análise.

A secretária de Saúde, Joana Kist Dresch, explica que, além das vistorias nas residências, entre as atribuições do agente de endemias também estão ações educativas e de mobilização na comunidade, para prevenção das doenças transmitidas pelo mosquito. “Nossa responsabilidade é combater a dengue e as outras doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. A prevenção é sempre o melhor, saúde consiste nisso”, enfatiza.

Sobre a vaga

  1. Inscrição: entrega de currículo na recepção da Prefeitura, das 8h às 11h e 13h30min às 16h30min.
  2. Taxa de inscrição: R$ 29,10.
  3. Requisitos: idade mínima de 18 anos, Ensino Médio completo e Carteira de Habilitação categoria B.
  4. Carga horária: 40 horas semanais.
  5. Salário: R$ 1.400 (piso para 2020) e R$ 1.550 (piso para 2021)

LEIA MAIS: Cinco entregas de kit de alimentação foram realizadas desde abril em Mato Leitão

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome