Corte ocorre na quadra entre a Jacob Becker e a General Osório (Foto: Taís Fortes/Folha do Mate)

A manhã deste domingo, 20, começou com movimentação no Centro de Venâncio Aires. Por volta das 7h uma empresa iniciou o corte das tipuanas, situadas no lado esquerdo de quem desce a rua Osvaldo Aranha, no Calçadão. Conforme apurado pela reportagem, o corte das árvores é uma iniciativa de proprietários de imóveis localizados na quadra entre as ruas Jacob Becker e General Osório.

Segundo um dos proprietários, que preferiu não se identificar, o grupo tem laudo, assinado por um engenheiro especializado, que comprova os danos causados pelas tipuanas nos imóveis. O documento foi entregue por cada proprietário junto ao pedido feito na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e cada um conseguiu uma licença individual para derrubar as árvores.

A contratação da empresa também aconteceu de forma individual, no entanto, o empreendimento optou por fazer os cortes todos na mesma data. “A empresa que se organizou para o dia que viria cortar, que por coincidência é hoje”, observa.Conforme informado por esse proprietário, a ação não tem relação com a Prefeitura de Venâncio Aires.

Segundo informações do secretário de Meio Ambiente, Clóvis Schwertner, 21 árvores foram cortadas na manhã deste domingo e 11 proprietários de imóveis receberam alvarás. Conforme informado por esse proprietário, a ação não tem relação com a Prefeitura de Venâncio Aires.

O prefeito Giovane Wickert, explica que o corte está relacionado a licenças que o Município forneceu individualmente para cada proprietário e a partir de uma mobilização feita por eles. “Daqui para frente é discutir o modelo da reforma, para podermos executar. Sentar com os empresário e com os urbanistas. Vou propor ao Ministério Público para fazermos um trabalho conjunto e definir bem o modelo, aprovar e aí equacionar isso no tempo, até porque agora é fim de ano e temos que ver para não dar muito transtorno em função do Natal”, relata Wickert.

*O texto foi atualizado na segunda-feira, 21, às 14h39min para acréscimo de informações. 

VEJA FOTOS:

3 comentários

  1. Venâncio Aires perde sua identidade com a atitude desses proprietários. O cartão postal verde do centro da cidade deixa de existir. Fica a lembrança do bom momento do chimarrão embaixo das tipuanas.
    Ricardo da Silva

  2. E foram cortar as árvores logo nesta época em que os pássaros estão nidificando, deve haver ninhos dos pássaros nestas belas árvores.
    Será que algum Ser dito racional ou o técnico, biólogo não pensou nisto?!
    Poderiam aguardar uns meses até que a natureza criasse seus filhotes e depois realizarem o abate das pobres árvores!

  3. Acabaram com o centro de Venâncio, e o perfeito falando em obra. PIADA. Primeiro termine o que começou, tem quilometros de ruas acabadas para serem arrumadas!

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome