: Alunos começam a refletir e aprendem sobre educação financeira. (Foto: Arquivo Pessoal)

Ocorre, amanhã, a partir das 8h, na Câmara de Vereadores, o 1° Seminário de Educação Fiscal de Venâncio Aires. A atividade é promovida pelo Grupo Municipal de Educação Fiscal da Secretaria da Fazenda do município.

O conteúdo destina-se aos estudantes do 9º ano do Ensino Médio, servidores das áreas de saúde e educação, empresários, gestores públicos, administradores e acadêmicos das áreas de exatas. Conforme a organização, o evento trará em dois turnos durante o dia, oportunidades de ouvir e debater com especialistas embasados, assuntos ligados à educação fiscal, assim como, conhecer os serviços de orientação ofertados pelo grupo.

As inscrições ainda podem ser feitas através de um link disponível no site da Prefeitura no endereço www.venancioaires.rs.gov.br.

Programação completa

Programação da manhã:
8h – Credenciamento
8h30min – Abertura Oficial
9h – Palestra com Mestranda Alessandra de Quadros: Educação Ambiental e Financeira, a importância de estratégias de ação municipal na busca de soluções eficazes.
9h45min – Coffe Breack
10h – Apresentação cultural
10h 15min – Palestra com Luis Augusto Wickert ( Auditor fiscal da Receita Estadual e Delegado da 7ª DRE): Educação Fiscal, Nota Gaúcha com os dados da 7ª DRE e explanação do novo aplicativo da Receita Estadual “Menor Preço”.
11h15min – Grupo de Educação Fiscal de Venâncio Aires
12h – Intervalo para o almoço

Programação da tarde:
13h30min – Apresentação cultural
13h45min – Palestra com Dão Real Pereira dos Santos (Auditor Fiscal da Receita Federal): “Os tributos de cada um e a desigualdade” – Estado Máximo e Mínimo
15h15min – Relato das Professoras da Rede Municipal de Ensino, Claudia Lourenço da Luz e Tayna Henn
16h – Encerramento

Educação Fiscal para os adolescentes

Em Venâncio Aires, a professora Luciane Kroth já trabalha a educação fiscal, financeira e sustentável com os alunos da escola Cônego Albino Juchen. Formada em ciências exatas, atualmente, ela dá aula de matemática e química na escola.

A professora comenta que a nova norma da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), vem com a educação financeira inserida no currículo e, por isso, a escola já está buscando se adaptar. Luciane aplica os ensinamentos dentro da disciplina de matemática, com as turmas de 6° e 7° anos, trabalhando junto o engajamento da família para refletir. “Procuro ensinar o ser e não o ter aos alunos. Saber administrar o próprio dinheiro é uma habilidade necessária”, comenta.

“Um jovem que já sabe administrar seu dinheiro, vai ser um adulto com sucesso financeiro.”

LUCIANE KROTH

Professora

 

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome