A falta de retorno da Prefeitura tem sido a maior dificuldade para realização de um evento de som aumotivo em Venâncio Aires. A alegação é do presidente da associação, EVandro Schuck, idealizada para atuar na área e intermediar o assunto com a Administração. Em contraponto, no entanto, o executivo através do secretário Municipal de Cultura, Esportes e Turismo, Giovane Wickert relata que o último pedido protocolado pela entidade foi feito no final de novembro do ano passado.

A data solicitada havia sido oito de dezembro (um domingo), porém, assim como naquele final de semana, até o fechamento do ano o Parque do Chimarrão contaria com eventos nos três próximos finais de semana.

A criação de uma entidade para trabalhar o ramo de som automotivo em Venâncio aires tomou forma em março do ano passado. Após isso, o tema ganhou força com a realização de audiência pública na Câmara de Vereadores, dia 16 de abril de 2013.

E entre as definições finais esteve a realização do teste de decibéis nos veículos com aparelhos de som. Isso ocorreu no mês de agosto, quando segundo o presidente da Asava, Evandro Schuck, compareceram cerca de sete carros com maior ‘potência’ no município. 80 decibéis é limite de volume dos equipamentos sonoros, conforme lei vigente no código de conduta do município.

Foto: Arquivo / Folha do MateMedição de decibéis ocorreu em agosto do ano passado no parque do chimarrão
Medição de decibéis ocorreu em agosto do ano passado no parque do chimarrão

Confira a reportagem completa no flip ou edição impressa de 12/02/2014