Gustavo Portella Faé falou das parcerias que o banco quer firmar com os produtores e com os empresários e gestores públicos. (Foto: Edemar Etges/Folha do Mate)).

Com o slogan `O agro é o nosso chão`, o Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul), está lançando em todas as agências do estado, o Plano Safra 2019/20. A agência local fez o lançamento na manhã desta quinta-feira, 11, durante recepção a representantes de entidades, gestores públicos, empresários e produtores rurais de Venâncio Aires e de Mato Leitão.

O gerente da agência local Gustavo Portella Faé, exibiu um vídeo instuticional do novo presidente do Banrisul, Cláudio Coutinho, que assumiu a presidência na quarta-feira, 10. Depois, ele explicou os propósitos do banco com o Plano Safra 2019/20 e os valores que serão disponibilizados para os produtores rurais. “Basta somente eles os captarem”, resumiu, acrescentando que com o plano, o banco estava voltando às origens com as quais foi criado, quais sejam, fomentar a agricultura do Rio Grande do Sul. Faé apresentou dados da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), que apontam que Venâncio Aires é o município que tem o maior numero de produtores rurais da regiãoo e um dos maiores do estado.

Ainda seundo Faé, o banco pretende no prazo de três anos, triplicar o crescimento da carteira agrícola no estado. “Pretendemos financiar as principais culturas e com isso, nos aproximar e estreitar as relações com o nosso público alvo, que são os produtores rurais. “Por meio de vocês, queremos disseminar e incrementar a parceria do banco com os agricultores”, acentuou.

GESTORES MUNICIPAIS

O secretário municipal de Desenvolvimento Rural André Kaufmann, saudou a iniciativa do banco em financiar e buscar os produtores rurais como parceiros. Apresentou números que o município tem mais de 7,7 mil propriedades rurais, mais de 6,8 mil blocos de produtor rural ativos e que a diversificação de culturas é uma das características da agricultura de Venâncio Aires. Kaufmann convidou a gerência do Banrisul para participar da próxima reunião do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (Comder) e que o referido conselho é composto por representantes de todos os setores da produção primária do município, que são um total de 27.

O prefeito Carlos Alberto Bohn, colocou que Mato Leitão é um município essencialmente agrícola e a municipalidade também sentia a dificuldade com a liberação de recursos e também elogiou o Banrisul por retomar o lugar que ocupou até há alguns anos. “É uma boa noticia”, frisou.

Para o chefe do escritório municipal da Emater/RS-Ascar de Mato Leitão, Claudiomiro de Oliveira, o plano é uma opção de parceria na busca de recursos para fomentar a agricultura. Salientou que ano a ano, é nítida a redução do número de produtores que acessam recursos nos agentes financeiros para financiarem as suas produções. “E o pior é que não reduziu o volume de recursos”, observou.

“O plano Safra 2019/20 é o começo de um novo tempo na agricultura do Rio Grande do Sul”.

GUSTAVO PORTELLA FAÉ

Gerente da agência local do Banrisul

“É salutar ver o banco vir ao encontro dos produtores rurais e dos gestores municipais.”

CARLO ALBERTO BOHN

Prefeito de Mato Leitão

Propósitos

Os propósitos do Banrisul com o Plano Safra 2019/20 são: expandir a sua atuação no agronegócio; estreitar as parcerias com os produtores rurais; promover a sustentabilidade e produtividade do agronegócio; fortalecer as parcerias com todos os agentes da cadeia produtiva; e, contribuir com o desenvolvimento do Rio Grande do Sul.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome