Biblioteca Mato Leitão
Caren e Simone explicam sobre o funcionamento da Biblioteca Municipal e os tipos de livros que fazem parte do acervo do local (Foto: Taís Fortes/Folha do Mate)

A Biblioteca Municipal está aberta e realiza atendimentos de estudantes e da comunidade. Depois de um período fechada, no dia 11 de maio, o espaço voltou a funcionar com cuidados de higiene em função da pandemia do novo coronavírus.

Segundo a diretora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto, Simone Silberschlag, a decisão por manter o local aberto durante neste momento levou em consideração o desejo de ofertar para toda a comunidade uma forma de lazer, contribuindo com a saúde mental, e colaborar para que o hábito da leitura não se perca.

Segundo a professora responsável pela biblioteca, Caren Kronbauer, no local, estão disponíveis livros infantis, infantojuvenis, de literatura brasileira e estrangeira, histórias em língua alemã, livros espíritas e de outras religiões, sobre saúde, ciência, esporte, geografia, matemática, química e física, além de atlas e de uma coletânea de pensadores da educação.

No total, o acervo da Biblioteca Municipal é formado por quase dez mil obras. Muitos exemplares foram doados pela comunidade. Além disso, recentemente o Município comprou cerca de 180 livros novos para ser disponibilizados no espaço. No prédio, que está localizado na rua Ervino Leopoldo Kuhn, em frente à Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Ireno Bohn, também há computadores com internet, disponíveis que estudantes e outras pessoas da comunidade possam fazer pesquisas.

Além de ser um espaço aberto para a comunidade, a Biblioteca Municipal é usada pelos alunos da Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Vó Olga e da Ireno Bohn para a retirada de livros usados em sala de aula e que são levados para casa. No local, também são realizadas as aulas de informática dos alunos da Ireno Bohn, agora suspensas por causa da Covid-19.

Como retirar livros

Para retirar livros na Biblioteca Municipal é necessário fornecer o nome completo e o número de telefone, para ser feito um cadastro. Podem ser retirados até dois exemplares por pessoa e as obras podem ficar entre duas e três semanas fora. Além do atendimento presencial, é possível fazer contato por meio da página ‘Biblioteca Mato Leitão’, no Facebook.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome