Bloquinhos realizam ‘Marchinha da Solidariedade’ em prol de Camile Klamt

-

Com o objetivo de ajudar na recuperação de Camile Cristina Klamt, de Linha Brasil, que realizou uma cirurgia para tratar a escoliose, uma deformidade em curva da coluna vertebral, os bloquinhos de Carnaval Infantil do interior organizam a ‘Marchinha da Solidariedade’. A proposta é auxiliar a menina de 13 anos, que se recupera em casa após a cirurgia feita no dia 6 de julho em Canoas.

Os coordenadores dos blocos estão solicitando a doação de alimentos e principalmente materiais de higiene e limpeza. “Qualquer ajuda é bem-vinda, mas sugerimos principalmente lenços umedecidos, sabonete líquido, sabão em pó, amaciante e papel higiênico”, comenta uma das organizadoras, Giovana Bencke.

Para mobilizar, as diversas comunidades foram determinados como pontos de coletas na cidade e no interior. A campanha segue até o próximo dia 11 de setembro.

Relembre

Camile foi primeira princesa do Carnaval Infantil de 2019. Ela é estudante do 7º ano do ensino fundamental na Escola Estadual de Ensino Fundamental Cristiano Bencke em Centro Linha Brasil, e é filha de Auri e Márcia Klamt.

A doença da menina foi descoberta em 2017, mas o procedimento de alto risco e complicado teve altos custos que a família não tinha condições de arcar. Com isso, conseguiram a cirurgia apenas neste ano por intermédio do Governo do Estado.

Após um longo período internada da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Canoas, Camile teve alta no dia 6 de agosto e, desde então, se recupera em casa.

Pontos de coleta

Turma do Barulhinho – Salão de Beleza da Aline dos Santos, em Linha Brasil

Os Travessinhos – residência da coordenadora Fernanda Konrad Wagner

Os Noventinhas – residência de Simone Dattein em Linha Marechal Floriano e na Angela da Costa, em Linha Arroio Grande

Os Palmeirinhas – Salão de beleza Essência da Mulher (prédio em frente ao Imec Supermercados), com Raquel Rippel

Turma da Folia – residência da coordenadora Silvia Jantsch

Os Imigrantes – residência dos coordenadores Milton e Vera Henn, em Centro Linha Brasil

Os Malandrinhos – residência dos coordenadores Eara e Márcio Henckes, Linha Andreas

Os Fofinhos – Posto Serrano, em Vila Deodoro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes