Bugio encontrado morto em Venâncio Aires alerta para a possibilidade de febre amarela

-

Uma equipe técnica da Prefeitura de Venâncio Aires esteve na tarde da quinta-feira, 22, na localidade de Linha Castelhano, interior de Venâncio Aires, onde um morador informou a morte de um bugio. Ao confirmarem a informação, os profissionais fizeram a coleta de material que foi encaminhado para análise laboratorial para descartar ou confirmar a contaminação do animal por febre amarela. “O caso levanta a suspeita da circulação do vírus da febre amarela no município e mesmo que o bugio não seja o transmissor da doença, caso um animal contaminado seja picado por mosquitos, esses mosquitos, passam a transmitir a doença para humanos”, destaca a coordenadora do setor epidemiológico, Carla Lili Müller. A enfermeira esteve acompanhada pelo veterinário Daniel Terra Leite e da agente de endemias, Francine Kist Closs.

A previsão é de que o resultado do exame chegue em duas ou três semanas, mas o setor lembra da importância das pessoas comunicarem sobre a morte de bugios ou da suspeita de que algum esteja doente. “Sabemos que a região rural de Venâncio Aires tem bastante bugios, inclusive em regiões bem próximas da zona urbana também se verifica a presença desses animais. É preciso analisar todos os casos de morte suspeitos, porque a confirmação de contaminação do bugio precede a doença em humanos”, destaca Lili. Os relatos de morte ou de mudança de comportamento de bugios, devem ser feitas no setor de epidemiologia do município, pelo telefone 2183-0773.

Vacina da febre amarela

A forma mais eficaz de prevenir a contaminação humana pela febre amarela é a vacina. Por isso, o setor alerta a população para que verifiquem na carteira de vacinação se estão com a dose em dia. Crianças até 5 anos precisam tomar duas doses do imunizante. Já para crianças maiores desta idade e adultos a indicação é de uma dose.

Sintomas da febre amarela

Entre os sintomas da febre amarela estão: febre, dores no corpo, cansaço, náuseas, vômito, pele e olhos amarelados. Na presença de qualquer sintoma, a pessoa deve procurar imediatamente atendimento médico.

LEIA MAIS:

notícias últimas Folha do Mate

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes