Ontem, Moraes confirmou emenda de R$ 1 milhão. O valor havia sido prometido em dezembro (Foto Cristiano Wildner)

A Campanha Pró UTI Neonatal do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM), lançada em dezembro do ano passado, entra agora em nova fase. A intenção é fortalecer a divulgação da campanha junto à comunidade local e regional. Por conta disso, materiais gráficos ganham com mais intensidade lares e comércios, informa a primeira-dama de Venâncio Aires, Cristiane Wickert, que é também a presidente da Associação Pró UTI Neonatal.

Além disso, ontem à tarde, a prometida emenda parlamentar do deputado Marcelo Moraes (PTB), no valor de R$ 1 milhão, foi confirmada em cerimônia que ocorreu na sala de reuniões da Prefeitura. O encontro, liderado pelo prefeito Giovane Wickert, contou com a presença de autoridades e lideranças locais. De acordo com o parlamentar ainda neste ano o valor será liberado. “O valor a ser liberado é para custeio”, destacou.

Quem também promete liberar o mesmo valor – R$ 1 milhão – é o deputado federal Heitor Schuch (PSB). Ao mesmo tempo, sinaliza positivamente com recursos o Lions Melvin Jones com o repasse de R$ 300 mil via Lions Internacional. Além dos recursos federais outros R$ 173 mil já foram garantidos a partir da realização de eventos beneficentes e venda de produtos ligados à campanha.

ÂMBITO REGIONAL

Para Wickert, o projeto possui âmbito regional, já que o Vale do Rio Pardo possui apenas sete leitos de UTI Neonatal. Atualmente, a maioria dos recém-nascidos de Venâncio que precisam do atendimento especial segue para Santa Cruz, Estrela, Santa Maria e Porto Alegre. A mobilização para a construção da UTI Adulta do hospital, que levou cerca de 10 anos, foi citada como exemplo de superação.

PRÓXIMOS PASSOS

Com os valores já garantidos foi possível encaminhar o projeto arquitetônico e o Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndios (PPCI). “No segundo semestre também iremos promover evento próprio para arrecadar novos fundos. Ainda está em estudo o tipo de evento, que pode ser um jantar ou mesmo apresentações culturais e musicais”, destacou Cristiane.

SEM DEMISSÕES

Ao final de seu discurso, o deputado Marcelo Moraes revelou que servidores em cargo de confiança ligados ao PTB vêm sofrendo pressão dentro da Prefeitura. O parlamentar disse que petebistas teriam sido proibidos pelo vice-refeito Celso Krämer, presidente do partido, sob ameça de exoneração, de participarem do ato na tarde de ontem.

“Prefeito Giovane, para encerrar, solicito que não demita os servidores do PTB que aqui estão. O partido e o meu gabinete estão sempre à disposição do Município”, informou. Já à reportagem, o deputado, disse ainda que possivelmente o momento era impróprio, mas que era necessário ser dito. O prefeito, por sua vez, em seu discurso, disse que a situação será internamente contornada.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome