Os primeiros números da pesquisa eleitoral foram tema de assunto nos bastidores da política no fim de semana que passou. No sábado, 18, a Folha do Mate divulgou a primeira pesquisa que avalia a intenção de voto nos candidatos a prefeito de Venâncio Aires, Airton Artus (PDT) e Nilson Lehmen (PMDB). Antes desta, uma pesquisa pré-eleitoral foi realizada em abril, quando ainda não havia a definição dos nomes majoritários.

A pesquisa, que ouviu 400 eleitores da Capital do Chimarrão, foi realizada pelo Instituto Methodus, de Porto Alegre, entre os dias 10 e 11 de agosto. A amostra explicitou, na menção espontânea, que 38,8% dos eleitores consultados ainda não sabem em quem votar para prefeito nas eleições de 2012. Por outro lado, o atual prefeito, Airton Artus, recebeu 38,3% das menções espontâneas, contra 19,5% das citações de Nilson Lehmen. Na pesquisa estimulada, que é quando os nomes dos candidatos são apresentados, Artus novamente ficou a frente do seu adversário, com 55% das intenções de voto, enquanto Lehmen ficou com 31,5%. Na avaliação da rejeição, que é quando os eleitores são questionados em qual ou quais candidatos não votaria de jeito nenhum para prefeito, ambos tiveram um percentual que os deixa praticamente empatados. O pedetista teve 23% de rejeição e o peemedebista 21%. A maioria (54,8%) não rejeita nenhum candidato.

AVALIAçãO

Avaliando os percentuais, Nilson acredita num crescimento ainda maior nos próximos dias e quer reverter os números até o final da campanha, rumo à vitória. Segundo ele, avaliando a pesquisa da Methodus/Folha do Mate e as pesquisas internas encomendadas pelo partido, pode perceber que está havendo um crescimento contínuo dos resultados. “Inclusive a gente sente esse resultado na pele, no trabalho, no dia a dia. Esse crescimento é sentido, tanto que, se não tivéssemos a pesquisa, saberíamos que estamos em pleno crescimento”, assegura. Acrescenta: “A pesquisa também mostrou isso, e a gente está neste caminho. Acredito que uma linha de tendência já está traçada, que é o crescimento”.

Avaliando as intenções de voto por bairros e interior, o candidato da coligação ‘Venâncio pode maisÂ’ analisa que nos locais e comunidades onde já foram executados trabalhos de campanha e  levadas as propostas de Nilson e Juçara obtiveram desempenhos mais favoráveis. “Já ultrapassamos ou estamos ultrapassando nosso adversário, onde estamos apresentando nossa proposta.” Adianta que a coligação está mapeando o município, para fazer um trabalho coletivo com os partidos aliados e reforçar ainda esse crescimento nos próximos dias que antecedem a eleição. “O tempo é curto e estamos com uma PROGRAMAÇÃO muito positiva. Vamos conseguir apresentar as nossas propostas em todos os recantos do município e com isso acreditamos veementemente na nossa vitória”, enfatiza.

Para o candidato à reeleição, Airton Artus, esta primeira pesquisa foi muito boa e muito importante para um início de campanha. “Mostrou uma dianteira bastante homogênea no interior e na cidade e provavelmente está refletindo o bom desempenho da Administração Municipal”, considera. Artus destaca ainda a aceitação da população pela candidatura Airton e Giovane. “Claro que temos propostas a mostrar e a tendência é de até melhorarmos estes números.” Airton destaca que o nível dos candidatos a vereador que apoiam a coligação é muito bom e em relação ao índice de rejeição diz que “para quem foi governo durante quase quatro anos o percentual é considerado baixo”.

O candidato da coligação ‘Para Venâncio continuar mudandoÂ’ observa ainda que a pesquisa foi realizada por um instituto credenciado e qualificado, “que usa de critérios técnicos dentro dos padrões universais e que emprestam um serviço sério a um órgão responsável como é o jornal Folha do Mate”. Para Artus, um índice de mais de 50% não deixa de ser um resultado ‘fantásticoÂ’. “Esperamos elaborar toda a nossa estratégia de campanha no sentido de manter esses números”, salienta.