CAPS AD atende em novo endereço

-

O Centro de Atenção Psicossocial álcool e Drogas (CAPS AD) está em novo endereço. Devido ao aumento significativo de atendimentos e buscando mais espaço para o desempenho das atividades, o departamento municipal agora atende na Rua Visconde do Rio Branco, 1037, antigo prédio do Sindicato Rural.

Com o objetivo de prevenir recaídas, o CAPS AD oferece várias modalidades de tratamento. Cada paciente é avaliado de forma personalizada e recebe o plano terapêutico mais adequado para o seu caso. Entre os serviços prestados estão consulta psicológica, supervisão de enfermagem, triagem, visitas domiciliares, grupos terapêuticos para pacientes e familiares, oficinas de música, dinâmica, artesanato, atividade física e dança. Os profissionais do CAPS AD também atendem solicitações de empresas e promovem atividades externas, como palestras, cursos de formação, entre outros.

Conforme a coordenadora do serviço, Mara Lawall, o novo endereço, além de ser um prédio com um número maior de salas e acomodações, possui localização privilegiada, próximo a instituições importantes como o Hospital, Prefeitura, Posto Central, Farmácia Pública, INSS e Rodoviária. “Estamos mais próximos ao centro, o que facilita o acesso dos pacientes e familiares”, ressalta.

Sem data definida para inauguração, cerca de 1.100 pacientes por mês já são atendidos no novo endereço desde o início de maio. “Estamos procurando deixar o ambiente interno e externo aconchegante e confortável para que seja, realmente, um ponto de referência saudável e positivo para nossos pacientes dependentes. Sabemos da importância de estarem vinculados a um local que se identifiquem e se sintam seguros para se manterem abstinentes”, destaca Mara sobre o novo prédio.

A coordenadora acrescenta que a dependência é uma doença e não tem cura; necessita, pois, de tratamento constante, com maior intensidade inicialmente e, na medida que o dependente se estabiliza, podendo diminuir o número de intervenções. “Conhecer a doença e suas consequências ainda é a melhor forma de prevenção. Aos familiares de pacientes, nosso recado é para que participem do tratamento, pois temos certeza que quanto mais a família se envolve, maior as possibilidades de sucesso. O tratamento exige mudanças, tanto do dependente quanto de seus familiares e, para que estas mudanças aconteçam, a família precisa se sentir fortalecida para modificar hábitos, comportamentos e estabelecer regras claras e precisas, que sejam benéficas para todos”, finaliza Mara Lawall.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Venâncio Aires

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes