Igreja Matriz que recebeu telhado novo recentemente está ganhando novo entorno (foto: Claudio Froemming/Folha do

Teve início neste mês mais uma etapa das obras de reforma e melhoria da igreja matriz Nossa Senhora do Rosário. Depois da troca completa do telhado, agora o entorno do templo está recebendo diversas alterações, que começam por drenagem e rebaixamento do terreno. Em seguida, passeios públicos e ajardinamento darão um novo aspecto ao visual da igreja.

Segundo o presidente da paróquia, Aurélio Batista, havia um problema de umidade nas paredes, o que deve ser resolvido com a obra em curso. Com o rebaixamento do terreno, a água que cair do telhado terá um escoamento correto, não ficando mais estacionada ao redor do prédio.

Um dos integrantes da comissão que está à frente das obras, Gilberto Weber, disse que as alterações trarão mais durabilidade às paredes do templo, bem como mais beleza e acessibilidade ao local. O rebaixamento do terreno está sendo feito com auxílio de máquinas e caminhões da Prefeitura.

PROJETO

O novo projeto que está sendo executado foi elaborado gratuitamente pela arquiteta passo-sobradense Roberta Lersch. “Nossa primeira preocupação foi em relação à acessibilidade, pois o único acesso era pela lateral da igreja, por grama e estrada de chão. As novas calçadas darão acesso por diversas vias e, inclusive, veículos poderão acessar a porta frontal da igreja. O ajardinamento dará um novo visual ao entorno do templo e uma praça servirá de local de passatempo aos adultos e de diversão às crianças”, destaca Roberta, acrescentando que a previsão de conclusão da obra está prevista para início de novembro próximo.

“Esta obra que está sendo realizada ao redor da nossa igreja é necessária para que o trabalho dos nossos antepassados não seja em vão. A sala da sacristia já havia desmoronado por falta de melhorias, e isso poderia acontecer com outras partes do templo, que foi construído pelo trabalho voluntário de pessoas que não mediram esforços, mesmo diante das dificuldades da época. Parabenizo aos voluntários que estão à frente deste trabalho de preservação e de melhoria do principal patrimônio religioso da nossa comunidade”, destaca a comerciante Janete Weber.

Maquete do projeto referente ao novo entorno da Igreja Matriz apresenta acessos amplos, praça e jardinagem (foto: divulgação)

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome