Estudantes de todas as escolas de Mato Leitão participaram de forma intensa da Feira do Livro (Foto: AI Prefeitura)

Mato Leitão respirou literatura e cultura na sexta-feira, 30, e no sábado, 31, durante a realização da 16ª Feira Municipal do Livro. Com o tema ‘Onde têm livros têm… cultura, emoções, imaginação, ideias, conhecimento, comunicação, transformação’, o evento contou com a participação de estudantes e da comunidade. Conforme a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto, mais de mil pessoas passaram pela Seubv durante a realização da feira. “Na sexta, tivemos uma participação maior das escolas, e no sábado pela manhã, uma movimentação intensa de pessoas da comunidade”, observa a diretora pedagógica Simone Silberschlag.

De acordo com ela, apesar de a programação ter sido condensada em um dia e meio por causa das atividades do Dia D da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) na quinta-feira, 29, a avaliação em relação ao evento é positiva. “Tivemos o envolvimento das escolas, o que foi muito importante para que desse certo. De uma forma geral, todo mundo saiu feliz da feira”, destaca. Simone também ressalta o auxílio recebido por oito estudantes que integram a Associação dos Universitários de Mato Leitão (Assuma). “Eles ajudaram na sexta e no sábado pela manhã com a pintura de rosto e com a tenda literária”, acrescenta.

A secretária municipal de Educação, Cultura e Desporto, Júlia Grasiela Theisen, destaca que a Feira do Livro superou as expectativas. “Foi muito boa e positiva. Já estamos com projetos para 2020”, revela. Ela ainda ressalta o fato de cada estudante ter levado, pelo menos, um livro para casa por causa da distribuição do vale-livro no valor de R$ 8. “Foi uma oportunidade para a ampliação do conhecimento e da cultura através das apresentações artísticas das escolas e do projeto ‘Dançando o Brasil. Além disso, a feira foi um importante espaço para as escolas compartilharem os trabalhos feitos em sala de aula”, complementa.


“A Feira do Livro foi um espaço onde os alunos, os professores e a comunidade em geral, de alguma maneira, puderam estimular um pouco mais o hábito e o gosto pela leitura.”

JÚLIA THEISEN – Secretária de Educação, Cultura e Desporto


ATRAÇÕES

A sexta-feira foi marcada pela presença do escritor e ilustrador Celso Sisto, que foi o homenageado desta edição do evento, por apresentações teatrais da Cia do Riso e do Grupo de Teatro Municipal Cara e Cor’agem de Candelária e pelo bate-papo promovido pelo Na Pilha!. Já na manhã do sábado, o destaque foi para as atrações culturais com a mostra de talentos das quatro escolas existentes no município e pelo espetáculo Dançando o Brasil, da Artte Escola de Dança de Lajeado.

Segundo a diretora pedagógica, o show de talentos das escolas foi importante para que as instituições de ensino pudessem conhecer o trabalho uma da outra. “Nessa hora percebemos o quanto o trabalho das escolas é fortalecido nesse sentido e faz diferença na comunidade. Ele enriqueceu muito a feira”, avalia. A Feira do Livro de Mato Leitão teve a participação de três bancas de livreiros: Papelaria e Livraria da Sorte, de Mato Leitão; Armazém, Livraria e Papelaria, de Estrela; e Kadernu’s Livraria e Papelaria, de Arroio do Meio. O balanço com o número de exemplares vendidos durante a iniciativa ainda está sendo finalizado.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome