Mato Leitão – 28 anos: Fotografia, o hobby que virou profissão

-

Viagem e fotos é a combinação perfeita para Greice Alana Scheibler, 26 anos, que tem a fotografia como profissão, mas também como uma paixão de vida. A jovem que, desde pequena, gosta de registrar momentos, hoje atua com ensaios de fotos externas e em eventos da microrregião.

Há quase 15 anos, quando ela fez a 1º Comunhão, ganhou um valor de presente e decidiu comprar sua primeira câmera fotográfica. “Todo mundo comprava celular na época, mas eu quis a câmera. Era bem simples, mas eu fotografava tudo que via,” lembra.

Em 2015, quando foi viajar para a Europa, decidiu que precisava de um recurso com mais qualidade e comprou a primeira câmera profissional. “Eu gosto de registar tudo quando eu viajo. Mas, não tinha a intenção de ter como profissão, porém as pessoas começaram a pedir e foi acontecendo”, conta a jovem que empreende no ramo há cerca de dois anos.

Nos passeios pelo estado ou para lugares mais longe, a moradora de Mato Leitão está sempre acompanhada pela câmera. “Meu namorado brinca que, antes de pensar em levar ele, eu penso na câmera. É a primeira coisa que coloco na mochila”, diz a fotógrafa que está organizando, para este ano, um mochilão pela América.

Greice gosta da calmaria do município e pretende continuar representando Mato Leitão em concursos fotográficos (Foto: Eduarda Wenzel)

Os momentos espontâneos são os preferidos de Greice, que usa como exemplo ensaios de famílias. “Eles ficam brincando e as fotos saem naturais.” Da mesma forma, casamentos e formaturas emocionam a profissional. “Já teve situações que estava fotografando e chorando de emoção ao mesmo tempo”, conta.

Por ter passado grande parte da vida residindo em Sampaio, interior do município, ela diz que ama estar em um lugares calmos com a presença da natureza. Atualmente, mora perto do centro, porém em um espaço tranquilo e com muito verde. “Não tenho vontade nenhuma de sair do município, eu sinto que pertenço a esse lugar”, comenta, feliz.

 


“Eu vivo para viajar, eu viajo para fotografar e eu fotografo para viver. É um círculo na minha vida que envolve minha profissão e o que eu gosto. Sou muito realizada.”

GREICE ALANA SCHEIBLER

Fotógrafa


VALORIZAÇÃO

Para Greice, as fotografias são uma relíquia, por isso, ressalta a importância de elas serem reveladas, mesmo com a tecnologia digital. “Daqui alguns anos as pessoas vão olhar as fotos, rir e contar muitas histórias. Assim como hoje, nós fizemos com álbuns de família”, destaca Greice.

Entre os momentos que marcaram a jovem estão os concursos de fotografia. Alguns anos atrás, conquistou 1º lugar no Concurso de Fotografia de Mato Leitão e outros concursos da região. Em 2018, ganhou um concurso nacional do Sicredi ‘Simples Cidade’, que contou com mais de 10 mil fotos inscritas e apenas 12 foram selecionadas para estampar calendários e fotos da instituição. “Em todos lugares saiu minha foto, com meu nome e o de Mato Leitão. Foi gratificante”, define.

Sobre o empreendedorismo em Mato Leitão, Greice comenta que as pessoas precisam aproveitar e valorizar as oportunidades. “Faltam algumas coisas no município, que ninguém inventou ainda. Porém, não é porque não precisa, é porque ninguém decidiu investir nisso, mas se tiver vai ser aproveitado, pois tem gente para consumir aqui”, argumenta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes