A Cooperativa Habitacional da Agricultura Familiar (Coohaf) da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag/RS) se reuniu na segunda-feira, 7, com integrantes dos Conselhos de Administração e Fiscal da cooperativa, bem como a Comissão de Estadual de Habitação da federação. Na oportunidade, decidiu realizar atos de mobilizações nos dias 17 e 18 de julho nos municípios de Passo Fundo, Santa Maria, Caxias do Sul, Pelotas e Porto Alegre. O motivo é a falta de repasse de recursos do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) para aproximadamente 3 mil casas, entre novas e reformas.

A mobilização foi o assunto principal da reunião da Regional Sindical do Vale do Rio Pardo e Baixo Jacuí realizada na terça-feira, 8, em Gramado Xavier. O motivo da mobilização é a falta de repasse de recursos do Programa Nacional de Habitação rural (PNHR) para aproximadamente 3 mil casas que estão sendo construídas pela Coohaf, entre novas e reformas. Nas mesmas datas em Brasília, acontecerá uma oficina do Programa Minha Casa, Minha Vida com ministérios, instituições financeiras e entidades que trabalham habitação, que estarão trabalhando as regras do PAC 3 anunciado na semana passada pela presidente Dilma, lembrando que o PAC 3 entrará em vigor somente em 2015.

No entender das lideranças sindicais que compõem a regional sindical Vale do Rio Pardo e Baixo Jacuí e também das lideranças em nível Estado, esse é o momento de centrar forças e cobrar do governo a regularização dos pagamentos de fornecedores de material de construção de obras em andamento e a contratação de casas novas e reformas, que estão paralisadas desde janeiro desse ano.

Essa já é a terceira vez que o Governo Federal suspende o pagamento aos fornecedores. A primeira suspensão foi em janeiro, a segunda em março e a terceira em junho. “Isso nos preocupa, pois coloca em risco a credibilidade do Programa Minha Casa, Minha Vida”, afirma o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Venâncio Aires, Elemar Walker.

Temos mais de 350 famílias que estão dependendo da liberação desses recursos para concluir ou contratar novas casas

Elemar WalkerPresidente do STR de Venâncio Aires

Confira a reportagem completa no flip ou edição impressa de 11/07/2014.