Foto: Claudio Froemming / Arquivo Folha do MateKonzen segue como prefeito em exercício até a volta de Hélio de Queiroz
Konzen segue como prefeito em exercício até a volta de Hélio de Queiroz

O vice-prefeito de Passo do Sobrado, Cristiano Konzen (PT) antecipou o retorno das férias para assumir o Executivo nesta sexta-feira, 28. Segundo ele, o motivo da volta foi devido à série de compromissos na Prefeitura, com encaminhamentos de projetos, por exemplo.

Konzen também disse que seu retorno não tem relação com o suposto mal entendido entre Executivo e Legislativo e rechaçou o atual presidente da Câmara de Vereadores, Valdenir Linch, o qual afirmou, conforme publicado hoje pela Folha do Mate, que as férias do vice-prefeito eram “irregulares”, pois não teriam sido informadas à Câmara. “Não tem imbróglio nenhum. Voltei porque tinha a necessidade de assumir. E, mesmo estando legalmente de férias, sou responsável com os compromissos.”

Cristiano Konzen segue como prefeito em exercício até a próxima semana, já que no dia 2 de janeiro está previsto o retorno do prefeito Hélio de Queiroz, que está em licença saúde.

NOTARetomou as atividades junto ao Poder Executivo, na manhã desta sexta-feira, 28, o vice-prefeito de Passo do Sobrado, Cristiano Konzen, agora prefeito municipal em exercício. A Administração Municipal vem, por meio deste espaço, deixar claro que o mesmo realizou, junto à Secretaria de Administração todo o processo, de forma correta, inclusive com deferimento do prefeito Hélio de Queiroz ainda no dia 6 do mês de novembro.

Acontece que no dia 19, Konzen entrou em período de férias, porém, no dia 24, o chefe do Executivo apresentou problemas de saúde ainda pela manhã, tendo complicações e necessitando de atendimento médico. Visto a seriedade do estado de saúde, o parecer médico legal deu conta de afastamento inicialmente por um período de oito dias. Posteriormente ao acontecido, no mesmo dia, o secretário de Administração, Caio Baierle, notificou o vice-prefeito sobre o afastamento do prefeito, porém o mesmo não pode assumir de forma imediata visto compromissos pessoais a serem realizados justamente em função do período em férias.

Conforme a Lei Orgânica Municipal Art 52, o presidente da Câmara Municipal de Vereadores deveria assumir o cargo caracterizando, assim, a linha sucessória referida na lei. Ainda no dia 24, a Administração Municipal comunicou de forma oficial à Câmara de Vereadores a necessidade do presidente assumir o cargo de Prefeito Municipal.

Contudo, o então presidente do Poder Legislativo, vereador Valdenir Linch, se declarou impedido, notificando a Secretaria de Administração já no dia 26 do seu impedimento. No dia 27, a Chefe do Gabinete, Joice Santos, comunicou o vice-prefeito, que prontamente se prontificou em assumir o Poder executivo. “Tenho a consciência tranquila e sei dos deveres legais e morais que a função que ocupo exige, pois são valores e princípios que levo em minha vida, no dia a dia. Realizei todos os procedimentos legais para entrar em período de férias e assim o fiz. Se, por ventura, for constatada alguma irregularidade dentro deste processo, certamente serão tomadas todas as medidas cabíveis e exemplares, pois repudio qualquer ação que for desenvolvida de forma ilegal. Infelizmente, fatos inesperados acontecem, e desejo melhoras ao Prefeito Hélio. Retorno com muita responsabilidade e comprometimento para seguirmos desenvolvendo as atividades dentro da normalidade.”