Três propriedades farão parte da rota do Chimanique (Foto: Leandro Osório/AI Prefeitura/Divulgação)

O neologismo entre o chimarrão e o piquenique é a combinação perfeita para curtir as belezas de Venâncio Aires. A proposta do Departamento de Turismo de Venâncio Aires em torno do Chimanique é mostrar e ‘dar sabor’ às visitas a propriedades da área rural do município, a partir da locação de cestas de piquenique.

Uma nova edição do Chimanique está programada para o outono, que inicia dia 20 de março. De acordo com a coordenadora do Departamento, Angelica Diefenthäler, nesta edição serão três propriedades: a Figueira Centenária, em Linha Silva Tavares; o Mirante Lauro Erdmann, em Vila Deodoro; e a propriedade de Marilene Coutinho, em Vila Palanque. A novidade para a atividade é a participação da propriedade do 6° Distrito, que já esteve envolvida no Bergamoteando.

Angelica explica que cada uma das propriedades organiza as cestas para locação de acordo com os produtos que são feitos no local. Ou seja, a escolha para um lanche com chimarrão é feita de acordo com o gosto do visitante.

No entanto, é importante lembrar que é necessário fazer a locação das cestas com antecedência. “Todas as cestas são pensadas com muito carinho e recheadas com coisas que possam acompanhar da melhor forma o chimarrão”, destaca. O período de agendamento deve ser divulgado mais próximo ao início do outono. As cestas para locação terão custo de R$ 35 com capacidade para alimentar quatro pessoas.

AÇÕES

O departamento está programando diferentes atividades para o ano. A ideia, segundo a coordenadora, é que sejam feitos programas temáticos das estações para que cada propriedade consiga aproveitar as potencialidades do outono, primavera, verão e inverno para receber visitantes e gerar renda.

  • Roteiro refrescante

Está prevista para março uma reunião entre proprietários de balneários e cascatas para que seja apresentado um regramento pela equipe do setor de posturas da Prefeitura de Venâncio. Conforme Angelica, o encontro quer caminhar para a regularização de muitos espaços com belezas naturais, mas que hoje não estão regulares para receber a visitação. “Queremos mostrar que não é tão complicado ficar regular”, diz. A partir dos desdobramentos da reunião, Angelica tem como objetivo organizar um possível roteiro das águas para o próximo verão.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome