Nova corte foi eleita na noite deste domingo (Foto: Bruno Pedry/Gazeta do Sul)

Em cerimônia realizada no Ginásio Poliesportivo, em Santa Cruz do Sul, foi conhecido o trio de soberanas da 35ª Oktoberfest. Ana Paula Bohnen conquistou o título de rainha, enquanto Jayne Inês Heck foi eleita primeira princesa e a venâncio-airense Graziela Schoeninger, segunda princesa. O trio concorreu com outras 11 meninas e o evento foi realizado na noite deste domingo, dia 1º.

As faixas as novas soberanas foram entregues pela rainha da 34ª Oktoberfest, Ana Julia Metz, e pelas princesas Alline Luiza Bellina e Bruna Gabriela Cruz. Antes disso foi conhecido a melhor torcida da noite. Quem levou a premiação foi a da candidata número 6, Emanuela Thayná Schuster.

AS ELEITAS:

ANA PAULA BOHNEN – Ela é bacharel em Ciência Contábeis e trabalha como auxiliar administrativo e vendedora. Filha de Alberto e Márcia Heck Bohnen, signo de Áries, nasceu em 15 de abril de 1996 em Santa Cruz do Sul. Com 1,64 metro de altura, ela tem manequim 36, olhos azuis e cabelos loiros.

JAYNE INÊS HECK –  É formada em Administração e é auxiliar administrativa. Filha de Vilmar Roque e Rosita Suzana Heck, ela nasceu em Santa Cruz do Sul, no dia 26 de junho de 1997, signo de Câncer. A candidata tem manequim 40, 1,79 metro de altura, olhos verdes e cabelos loiros escuros.

GRAZIELA SCHOENINGER  –  É  auxiliar de biblioteca, bacharelado em Biblioteconomia e pós-graduanda no mesmo segmento. Natural de Venâncio Aires, a aquariana nasceu em 8 de fevereiro de 1992. Com 1,62 metro de altura, o manequim dela é 36 e tem olhos castanhos e cabelos loiros. Graziela é filha de Nelli e Edo Pedro Schoeninger.

Graziela Schoeninger é filha de Nelli e Edo Pedro Schoeninger (Foto: Bruno Pedry/Gazeta do Sul)

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome