Esse é o primeiro livro publicado pelo publicitário Gean Paulo Naue Foto: Rosilene Müller/Divulgação)

Agosto será um mês marcante na vida do venâncio-airense Gean Paulo Naue, 26 anos. Isso porque, no dia 17, um sábado, o publicitário fará o lançamento do seu primeiro livro. A obra, intitulada ‘Não tô preparado para viver’, é resultado de um projeto desenvolvido pelo jovem no ano passado chamado ‘50 crônicas em 50 dias’. “Tudo começou em 2018, em pleno período eleitoral, quando eu me desafiei a escrever ‘50 crônicas em 50 dias’ e publicar na internet. Os meus textos, naquela época, eram um dos poucos posts que não tinha relação nenhuma com política”, comenta.

Entretanto, a publicação do livro não foi planejada. “Sempre sonhei em ter um livro, mas nunca achei que seria esse. Quando o desafio acabou, comecei a reunir os 50 textos e melhorá-los. Fui atrás de uma pessoa para revisá-los e descartei alguns que não gostava e escrevi novos”, relata.

A ideia de publicar a obra surgiu neste ano, quando ele participou da Festa Literária da Feira do Livro de Santa Cruz do Sul e o editor, professor e escritor Marcelo Spalding, que está à frente da Editora Metamorfose, de Porto Alegre, se interessou no desafio das 50 crônicas. “Começamos a trocar ideias para publicá-las em um livro. Foi algo muito natural. As coisas aconteceram sem que eu precisasse forçar nada e assim nasceu o ‘Não tô preparado para viver’. Um livro em que nem eu mesmo estava preparado para lançar como sendo a minha obra de estreia”, comenta.


“O livro é a reflexão de uma vida em que somos eternos aprendizes. Ninguém, a não ser o dia a dia, nos ensina a suportar a existência de ser humano.”

GEAN PAULO NAUE – Escritor


DESAFIOS

Além do desafio ‘50 crônicas em 50 dias’, neste ano, o jovem está realizando um novo projeto: o ‘Eu conto: um conto por mês, durante um ano’. Ele compartilha que no ano passado costumava escrever uma crônica por dia, normalmente à noite ou em algum intervalo do cotidiano, como no ônibus. “Neste ano, eu continuo escrevendo à noite, depois do trabalho, mas como não é um texto por dia e sim um por mês. Reservo fins de semanas para escrever, contando com um tempo mais longo para me dedicar a isso”, observa.
Para o publicitário, esses desafios, inventados por ele mesmo, funcionam como uma forma de estabelecer uma rotina de escrita diária. Além disso, essas iniciativas já lhe proporcionaram grandes experiências. “Escrevi desde sempre, mas nunca terminava nada. Foi quando eu descobri que se eu publicasse na internet firmaria um compromisso, sabe se lá com quem, de escrever sempre. E isso me coloca no dever de não abandonar os desafios e me motiva a escrever cada vez mais. A partir dos desafios eu já visitei escolas em Venâncio e Santa Cruz para falar sobre os processos, as alegrias e os desafios da escrita”, destaca.

FUTURO

Gean relata que, por enquanto, não tem está pensando em lançar um segundo livro. De acordo com ele, apesar de existir uma ‘pressão’ relacionada a isso, ele não quer forçar nada. “Este primeiro livro acabou acontecendo de forma natural. Por isso que aceitei o desafio de lançá-lo. A oportunidade ‘bateu a minha porta’ e eu aceitei.”
Como planos futuros na escrita, o publicitário deseja terminar o desafio de 2019 e em 2020 se dedicar à organização de uma publicação que pode ser feita em 2021. “O processo da criação de um livro é bem demorado. Desde o começo do desafio das 50 crônicas até o livro se passou quase um ano trabalhando nos textos”, avalia.

FALA, AUTOR! 

“O título ‘Não tô preparado para viver’ não é em vão. O livro fala sobre coisas que acontecem comigo, contigo, com todo mundo. Eu diria, até, sobre coisas que não estão ao nosso alcance resolver. Abordo assuntos dos mais banais, como ter solução e um bom dia corriqueiro, até o outro extremo, abordando questões mais complexas, como a depressão e o medo da morte. Tentei trazer para os textos a alegria de viver, mas sempre amarrado a um ensinamento que, não necessariamente, é positivo. A obra não é um livro que pretende dar lições de moral nos leitores. Ele só estimula a reflexão sobre acontecimentos cotidianos.”

LANÇAMENTO 

  • O lançamento do livro ‘Não tô preparado para viver’ será realizado no dia 17, a partir das 16h, na Livraria Castelo de Venâncio Aires. A obra tem 124 páginas e custa R$ 32. Entretanto, exclusivamente no dia do lançamento, quem levar um litro de leite poderá comprar o exemplar por R$ 28. O leite será doado para a Liga Feminina de Combate ao Câncer de Venâncio Aires.
  • Depois do lançamento, o livro estará à venda nas livrarias da região e para compras online no site da editora Metamorfose e da Amazon. Além disso, na Feira do Livro de Venâncio Aires, que ocorre de 22 a 25 de agosto, haverá vendas de exemplares do livro.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome