Um dos eventos tradicionalistas que movimenta o Rio Grande do Sul e federações de outros estados, ligados ao Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), será realizado em Cruz Alta. A PROGRAMAÇÃO de acendimento da Chama Crioula começa nesta quinta-feira, 14, com recepção e credenciamento às comitivas. A cerimônia oficial ocorre no sábado, 16, às 10h, no Parque de exposições.

O município de Venâncio Aires participa da solenidade com cerca de 20 cavalarianos do Centro de Tradições Gaúcha (CTG) Erva-Mate. Coordenada pelo capataz de cavalgadas Ademar Biguelini, 57 anos, a entidade realiza a 33ª edição, neste ano. Em busca da Chama Crioula, os cavalarianos partem da Capital do Chimarrão na sexta-feira, 15, às 8h, e retornam ‘à pata de cavalo’, no domingo, 24, com chegada prevista para o meio-dia, no Parque Municipal do Chimarrão, onde haverá confraternização com familiares. Ao longo do percurso, mais integrantes da entidade, juntam-se à cavalgada, entre estes o patrão André Kroth.

Biguelini relata que, o trajeto está todo acertado, bem como o alojamento naquele município. Após os 299 quilômetros de Cruz Alta a Venâncio Aires, o cavalariano estará somando 8.804 quilômetros percorridos no lombo do cavalo. Condição que lhe permite receber a segunda Comenda da Ordem dos Cavaleiros do Rio Grande do Sul (Orcav). Biguelini que tem a distinção de Cavaleiro da Ordem Rio-grandense receberá, em outubro, a Comenda Souza Neto, durante aniversário do MTG, em Lagoa Vermelha.

Confira a reportagem completa no flip ou edição impressa de 13/08/2014.