Diversidade da indústria contribui para o crescimento da cidade

-

Hoje comemora-se o Dia da Indústria. Responsável por congregar o segundo setor produtivo da economia global, transforma matéria-prima em bens de consumo. Em Venâncio Aires, a indústria de beneficiamento é a mais expressiva, com 25,91% de participação do Valor Adicionado Fiscal (VAF) em 2010.

“Em primeiro plano, vejo o desenvolvimento da atividade industrial no município com bons olhos, tendo em vista o aumento de indústrias entre as 50 maiores do município, na comparação dos exercícios e 2010 para 2011”, afirma o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Hélio Lawall. Ele explica que se destacam indústrias do setor fumageiro, seguidas pelas empresas do setor metalúrgico e refrigeração, bem como do setor têxtil e frigoríficos.

Há aspectos da economia que interferem neste macroambiente. Segundo Lawall, as políticas de apoio e incentivo às atividades industriais, o plano de capacitação profissional, o acesso à informação, crédito e mercados são colocados à disposição de todos sem distinção ou favorecimento a qualquer empresa.

Com base nos dados apresentados na revista Perfil Socioeconômico, publicação lançada pela Folha do Mate em 2011, pode-se extrair informações sobre os diversos setores existentes no município.

TABACO

Há mais de 40 anos, o tabaco é a principal cultura do município e seu beneficiamento é a principal fonte de renda. Entre as 10 maiores empresas de Venâncio Aires, em VAF, quatro são do setor fumageiro. Tais dados fazem do município o maior produtor de tabaco do Brasil. As 10 maiores exportadoras da cidade são do setor tabagista, gerando R$3,7 milhões de ICMS.

Atualmente, 70% de toda a riqueza do município gira em tono do cultivo e da industrialização do tabaco. Do total exportado pelo município, o tabaco representa 90,82% e a China continua sendo o principal destino das exportações.

Com isso, o país alcança o posto de segundo maior produtor mundial de tabaco. A região sul é conhecida por produzir 95% deste montante.

Mais detalhes na edição impressa de 25/04/2012

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes