Foto: Beatriz Colombelli / Folha do MatePiazito da Tradição, em 2007, já teve participação no evento representando o CPF Terra de Um Povo
Desde 2007, DTG Piazito da Tradção participa com suas invernadas juvenis na competição em Santa Maria

Três Invernadas Artísticas Juvenis de Venâncio Aires, integrantes da 24ª Região Tradicionalista (24ª RT) estão participando do 12º Juvenart, em Santa Maria, neste fim de semana. O concurso é considerado o maior de danças tradicionais da categoria juvenil do sul país. Nesta edição, cem grupos estão na disputa pelo tão almejado título de campeão. O evento teve início, nesta quinta-feira, 7, e se encerra no domingo, Dia dos Pais, com a divulgação dos resultados. 

No bloco  dois, nesta sexta-feira, 8,  à tarde, o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Chaleira Preta concorreu com mais 11 grupos. Já, no bloco três, nesta noite, o Departamento de Tradições Gaúchas (DTG) Piazito da Tradição disputou uma vaga com mais 11 grupos. Neste sábado, será a vez do CTG Erva-Mate entrar em pista no bloco quatro. A invernada estará concorrendo com mais 12 grupos.

O Concurso Estadual de Danças Tradicionais – Categoria Juvenil – JuvEnart, é promovido pelo CTG Sentinela da Querência (13ª RT), Movimento Tradicionalista Gaúcho e Prefeitura Municipal de Santa Maria. Neste ano além de premiar a entidade campeão, os 12 pares de dançarinos vão também ganhar um toféu individual.

 

 Um pouco da história

A primeira edição foi realizada no dia 28 de julho de 2002. O evento surgiu da necessidade do Guri Farroupilha, gestão 2001/02, Lucca Adams Pilla, cumprir com a tarefa de realizar um evento tradicionalista na entidade, norma comum a todas as entidades tradicionalistas. A proposta apresentada, embora tenha causado certa apreensão na patronagem da época, foi gradativamente ganhando apoiadores dentro e fora do Sentinela da Querência. Empresas privadas e instituições públicas foram procuradas para colaborar e muitas tornaram-se apoiadoras do evento. A revolucionária idéia de fazer do salão do CTG Sentinela da Querência uma arena de danças culminou com a cedência pela Prefeitura Municipal de Santa Maria de 50 metros de arquibancadas móveis, as quais foram instaladas em torno da pista de danças do CTG. Um palco de seis metros de largura abrigou os avaliadores, e o Sentinela ficou pequeno para o tamanho do evento. Aquele domingo de sol, levou mais de 2.500 pessoas ao CTG Sentinela da Querência. Foram 21 grupos de danças em uma festa tradicionalista que chegava para inserir definitivamente a cidade de Santa Maria no circuito de rodeios artísticos do Rio Grande do Sul, e mais que isso, prometia para breve, muito mais do isso. (Fonte: Site do Juvenart)