Foto: Edemar Etges / Folha do Mate/ArquivoCom o Domingo de Ramos, Igreja revive a chegada de Jesus a Jerusalém
Com o Domingo de Ramos, Igreja revive a chegada de Jesus a Jerusalém

As missas que serão celebradas neste sábado à tarde e noite, 19, e neste domingo, 20, marcarão a abertura da Semana Santa na Igreja Católica. Na matriz e em diversas comunidades ligadas à Paróquia São Sebastião Mártir, além das missas com as bênçãos, haverá a tradicional procissão de ramos.“Com o Domingo de Ramos abrimos a Semana Santa, e nela revivemos e acompanhamos Jesus Cristo em seus últimos momentos. Acompanhamos a sua entrega por amor de cada um de nós. Certa vez Jesus disse: ´não há prova maior de amor do que dar a vida por seus amigos` (Jo. 15, 13). é isto que Jesus realiza por cada um de nós na Sexta-feira Santa”, prega o vigário paroquial, padre Marcelo Carlesso, ao falar sobre o significado das celebrações do Domingo de Ramo e da Semana Santa. O sacerdote frisa que com o Domingo de Ramos é revivido o episódio da chegada de Jesus e de seus discípulos em Jerusalém para a celebração da Páscoa Judaica. “Nesta chegada os habitantes de Jerusalém acolhem Jesus que entra na cidade montado num jumento.”