Empresa que presta serviços para a Beira Rio vai se instalar em Venâncio Aires e gerar 60 empregos inicialmente

-

A empresa DS Atelier de Calçados – com sede em Colinas e unidades em Lajeado, Cruzeiro do Sul, Canudos e Arroio do Tigre e que presta serviços para a Calçados Beira Rio -, vai se instalar em Venâncio Aires. O sócio-proprietário da DS, Fabrício Rodrigues Soares, e o assessor de Processo de Qualidade na Beira Rio, Carlos Edgar Bencke, se reuniram nesta terça-feira, 4, com o prefeito Giovane Wickert e com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Claudio Soares, e confirmaram o investimento.

A intenção do investidor é fazer a unidade entrar em funcionamento já em setembro. Para isso, já tem até um prédio preferido: um imóvel do empresário Jair Lehmen, que fica localizado às margens da RSC-453. “Para o tamanho de unidade que precisamos estruturar, não podemos pensar em menos do que 2 mil metros quadrados”, comentou Fabrício Soares. De acordo com ele, o contato com Lehmen deve ser feitos nas próximas horas para que as tratativas sejam iniciadas. O maquinário será cedido pela Beira Rio.

Conforme Carlos Bencke, o mercado calçadista voltou a aquecer e a Beira Rio precisa de parceiros para a produção. Como mais de 400 venâncio-airenses que trabalhavam na unidade de Mato Leitão foram dispensados após o incêndio que destruiu a fábrica na Cidade das Orquídeas, Venâncio Aires surgiu como opção para sediar a unidade. “O processo de estruturação e funcionamento será mais facilitado porque temos garantia de mão de obra qualificada”, disse.

EMPREGOS E PRODUÇÃO

A unidade da DS na Capital Nacional do Chimarrão deve iniciar as atividades com a geração de 60 a 70 empregos imediatos e produção de 2,5 mil pares de calçados por dia. Até março do ano que vem, a intenção é de que o número de trabalhadores passe dos 200, com a produção saltando para até 8 mil pares de calçados diariamente.

Assim que a o cronograma de instalação estiver definido, a empresa divulgará as formas de acesso às vagas. “Estamos muito felizes por fazer parte desta iniciativa. A Beira Rio nos contatou porque precisa aumentar a produção e nós vamos encarar este desafio. Fomos muito bem recebidos pelo prefeito Giovane Wickert, um cara pra frente, preocupado com o desenvolvimento e muito bem assessorado pelo secretário Claudio Soares, que tem nos acompanhado em visitas a prédios e se colocado sempre à disposição”, afirmou o sócio-proprietário da DS.

MAIS UNIDADES

O assessor de Processo de Qualidade na Beira Rio, Carlos Edgar Bencke, revelou que a intenção é instalar outras duas unidades prestadoras de serviços em Venâncio Aires, o que deve acontecer em 2021, quando a unidade gerida pela DS estiver funcionando a pleno. “As novas unidades serão com outros parceiros”, declarou. No caso da DS, o faturamento mensal deve chegar a R$ 1,2 milhão quando os mais de 200 funcionários estiverem trabalhando. Por meio do programa ‘Venâncio Sem Fronteiras’, a Prefeitura vai auxiliar a empresa com o aluguel do prédio para instalação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes