Funcionários da Fabimar Confecções estão atuando na sede própria desde a segunda-feira (Foto: Taís Fortes/Folha do Mate)

A Fabimar Confecções iniciou nesta semana uma nova fase no planejamento da empresa. Isso porque desde a segunda-feira, 20, os funcionários do local começaram a desempenhar as atividades junto à sede própria do empreendimento, construída na área industrial de Mato Leitão, às margens da RSC-453. A mudança dos equipamentos para a estrutura aconteceu no último fim de semana.

De acordo com o gerente da filial da Cidade das Orquídeas, Mário Dresch, a próxima etapa será o aumento da produção. Por essa razão, a Fabimar fará a contratação de mais funcionários. “A expectativa é chegar a cinco grupos de trabalho até o fim do ano. Em produção, isso representa no mínimo 40% de crescimento”, destaca.

Para agosto, está prevista a contratação de dez novos funcionários. Nos primeiros dias, serão efetivados entre três e quatro colaboradores e na semana seguinte os demais. A ideia é que esses profissionais sejam integrados aos três grupos de costureiras já existentes, para que passem por um treinamento. Entre o mês de setembro e outubro, o grupo de contratados abrirá a quarta equipe de trabalho do local.

Dresch também compartilha que apesar da pandemia, desde o início do ano, foi possível perceber um aumento na demanda. Com isso, se tornou necessário ampliar o quatro de colaboradores para, consequentemente, ter mais produção. O gerente também adianta que com a abertura da equipe de trabalho até o fim do ano, devem ser contratadas mais dez pessoas. Assim, o atual quadro formado por 33 costureiras deve chegar a 50 profissionais.

LEIA MAIS: PSG apresenta projeto para construção da sede própria, em Mato Leitão

Incentivo industrial

A empresa do ramo de confecções funciona em Mato Leitão desde dezembro de 2013. Além do aumento da produção e do número de funcionários, a Fabimar Confecções projeta a instalação de uma loja de fábrica, que já tem a estrutura finalizada junto ao prédio onde as costureiras atuam.

Para a construção da sede própria, o empreendimento contou com o incentivo industrial da Prefeitura referente à doação do terreno na área industrial, serviços de máquinas e material bruto para o acesso.

LEIA MAIS: Incentivos industriais são oportunidades para abertura e ampliação de empresas, em Mato Leitão

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome