Foto: Divulgação

Os dados referentes ao mês de junho do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados hoje pelo Ministério da Economia, trazem uma informação relevante para Venâncio Aires. A Capital Nacional do Chimarrão é a que mais empregos gerou em 2020 no Brasil. No total acumulado são 3.778 vagas, resultado de 8.319 contratações e 4.541 desligamentos nos primeiros seis meses do ano.

O bom desempenho está diretamente relacionado com a indústria de transformação, especialmente a fumageira, que devido à pandemia tem uma safra mais longa e continua contratando mão de obra temporária. A afirmação vale também para Santa Cruz do Sul, que também tem o tabaco como peça-chave da economia e é a terceira cidade do Brasil em geração de empregos em 2020, com 2.847 postos de trabalho de saldo no primeiro semestre.

Venâncio Aires e Santa Cruz do Sul são os dois únicos municípios gaúchos entre os 10 maiores geradores de empregos no país. Na segunda posição aparece Parauapebas (PA), com 3.141 vagas de saldo no período. Completam a lista os municípios de Pontal (SP, com 2.253), Rio Verde (GO, com 1.868), Matelândia (PR, com 1.822), Chapecó (SC, com 1.725), São Francisco de Itabapoana (RJ, com 1.605), Goianésia (GO, com 1.488) e Santa Rita do Passa Quatro (SP, com 1473).

Em junho, a Capital Nacional do Chimarrão abriu 106 novos postos de trabalho, com 1.048 admissões e 942 desligamentos. No mesmo período do ano passado, por exemplo, Venâncio Aires figurou como a cidade que mais perdeu empregos no estado, com saldo negativo de 389 vagas. O mês de junho de 2020 foi ainda o de melhor desempenho para a cidade desde 2003, quando o Caged passou a acompanhar os números do emprego nos municípios brasileiros.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome