Execução do programa será feita pela Sala do Empreendedor, localizada na rua General Osório, anexo à prefeitura (Foto: Taiane Kussler/Folha do Mate)

O município de Venâncio Aires é o único da região que participa do programa Cidade Empreendedora, iniciativa desenvolvida pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SebraeRS).

Secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Claudio Soares ressalta que o programa tem o objetivo de auxiliar no desenvolvimento econômico e social do município e na formação de profissionais mais competitivos para promover emprego e renda.

As atividades serão realizadas por dois anos e divididas em seis eixos de formação: Liderança, Valorização das empresas, Desburocratização, Compras governamentais, Inovação e Educação empreendedora. “Em cada eixo será desenvolvido um conjunto de ações conforme cada proposta”, explica.

Algumas temáticas são destinadas diretamente aos empreendedores, com cursos e treinamentos; outras têm o propósito de capacitar os gestores e servidores do município e, no eixo educação empreendedora, o programa será aplicado diretamente nas escolas.

A intenção, segundo Soares, é que todas as escolas municipais recebam o programa. A ideia é capacitar os professores para que utilizem conteúdos de empreendedorismo em sala de aula. “O Sebrae vai para dentro das escolas estimular os professores para que utilizem os conteúdos no ambiente escolar”, diz.

Já o eixo Liderança desenvolve a formação dos agentes. O secretário conta que a ideia é fazer com que os gestores e servidores que atuam com as questões de desenvolvimento econômico sejam treinados e qualificados para facilitar os afazeres dos empreendedores, apresentando soluções.

Na área de Valorização das empresas serão promovidos cursos para os empreendedores, com capacitação nas áreas de marketing digital, controle de custos e planejamento, entre outras abordagens. “Estamos adaptando a Sala do Empreendedor para desenvolvermos o programa, deixando o espaço mais amplo e acessível para os atendimentos.” Ele ressalta que toda a execução do programa será feita pelo departamento.

No quesito Inovação, a equipe do Sebrae RS vai atuar como consultora do Poder Público na tomada de decisões e proposições de ações que possam ser desenvolvidas para estimular os negócios. Outro eixos trabalhados com a equipe da Administração Municipal são de compras governamentais e desburocratização.

O objetivo é traçar estratégias e plano de compras no setor de licitações, por exemplo. “Queremos treinar a equipe para explorar a região, para que nossos empreendimentos sejam vistos pelos municípios vizinhos”.

“Minimizar o impacto da crise nos pequenos negócios”

Soares explica que pela situação atual de pandemia, ainda não é possível dizer ao certo quando começa a realização de cada eixo e o cronograma do programa. Inicialmente, o município se propôs a participar da iniciativa com o intuito de fortalecer e aumentar o número de empreendimentos. Em razão da crise financeira prevista após a pandemia, o secretário avalia que os resultados esperados são outros. “Venâncio está evidenciado como protagonista do empreendedorismo. Será um período difícil, a expectativa é que o programa venha para minimizar o impacto da crise nos pequenos negócios”, complementa.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo também ressalta que, com a crise e o aumento do número de desempregados, empreender é uma válvula de escape para quem não está no mercado de trabalho. “O programa é mais uma ferramenta à disposição orientar e capacitar para minimizar os efeitos da crise.”

Empreendedores

  • Segundo dados do DataSebrae, referentes ao mês passado, Venâncio conta com 2.647 microempresas.
  • Além disso, são 2.451 Microempreendedores Individuais (MEIs).
  • Pequenas empresas são 389 no município.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome